Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4185
Título: O agronegócio brasileiro e o protecionismo internacional
Autor(es): COSTA, Lucilio Araújo
Palavras-chave: Agronegócio;Exportação;Exportação Agrícola;Barreiras
Data do documento: 2003
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Araújo Costa, Lucilio; José de Arroxelas Galvão, Olímpio. O agronegócio brasileiro e o protecionismo internacional. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Economia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Resumo: O objetivo desta pesquisa é analisar as barreiras comerciais impostas pelas nações desenvolvidas às exportações do agronegócio brasileiro e o impacto que essas medidas causam na competitividade das exportações agrícolas brasileiras. O estudo destaca também os tipos de barreiras e os percentuais tarifários utilizados por cada um dos 12 (doze) principais parceiros comerciais do Brasil. Além das barreiras tarifárias a pesquisa também aborda a mais nova forma de protecionismo que é a aplicação de barreiras técnicas formadas por normas e regulamentos sanitários, fitossanitários e de saúde animal que funcionam como obstáculos ao comércio de produtos agropecuários. Aborda-se ainda a função dos organismos multilaterais que disciplinam o comércio internacional, enfatizando-se o papel do GATT e da Organização Mundial do Comércio (OMC) e os esforços feitos por estas entidades para tornar o comércio entre as nações mais equânime, fazendo com que sejam cumpridos os acordos multilaterais assinados, beneficiando, assim, tanto as nações compradoras de produtos agrícolas como aquelas vendedoras.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4185
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Economia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo5769_1.pdf454,92 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.