Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4147
Title: Educação, tempo livre e lazer nas Associações docentes de Pernambuco na segunda metade do século XX
Authors: Tenório da Silva, Edson
Keywords: Associação Docente;Lazer;Educação;Tempo livre
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Tenório da Silva, Edson; Fernandes de Souza, Edilson. Educação, tempo livre e lazer nas Associações docentes de Pernambuco na segunda metade do século XX. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Este trabalho versa sobre educação, tempo livre e lazer nas associações docentes de Pernambuco na segunda metade do século XX. Esse recorte histórico compreende, justamente, o período que se segue entre o início da organização dos professores pernambucanos, em 1951, e a fundação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (SINTEPE), em 1990. Portanto, trata da história das associações docentes do estado durante a segunda metade do século XX. Inicialmente, essas entidades se organizavam através do cooperativismo e funcionavam como espaços recreativos e culturais. Além disso, não gozavam do estatuto de sindicato, uma vez que os servidores públicos estavam proibidos de fazer greve até a promulgação da Constituição Federal de 1988. Por isso, considera-se como objeto de estudo relevante na história dessas entidades tanto a categoria trabalho como a categoria lazer. Assim, o principal objetivo desta pesquisa é compreender como as atividades recreativas e culturais contribuíram para que os professores pernambucanos tivessem uma participação social ativa na luta pelos seus direitos e como influenciaram na organização do SINTEPE. Para atingir os objetivos aqui propostos, realizou-se uma pesquisa bibliográfica em que foram analisados aspectos relacionados ao campo educacional e aos conceitos de tempo livre e lazer, com o intuito de elucidar a relação entre esses conceitos e a ação pedagógica exercida pelas entidades pesquisadas. Também foram consultados nos arquivos do SINTEPE e do Centro dos Professores de Pernambuco (CPP): livros de atas e estatutos; recortes de jornal, boletins informativos, panfletos de eleições e publicações diversas; relatórios e resoluções de congressos e encontros. Além disso, foram realizadas entrevistas com quatro professoras ligadas ao CPP. Enfim, durante a segunda metade do século XX, as associações docentes de Pernambuco realizavam tanto uma ação pedagógica explícita, através de atividades voltadas para a formação dos professores, como contribuíam, direta ou indiretamente, com o aprendizado desses profissionais para os usos do tempo livre. Na prática, realizavam tanto uma educação para o lazer como uma educação pelo lazer. Nesse sentido, no primeiro momento, as suas ações assumiam um papel educativo em que o lazer figurava como veiculo e como objeto de educação. Buscavam, assim, garantir o incremento tanto do capital social como do capital cultural dos professores, através de uma ação pedagógica, que possibilitava a internalização de um habitus
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4147
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2564_1.pdf1.43 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.