Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/412
Título: Identificação e caracterização de levedura do gênero Lachancea Kurtzman isolada de mosto de alambique da Zona da Mata do Estado de Pernambuco
Autor(es): PEREIRA, Luciana Filgueira
Palavras-chave: Taxonomia tradicional; Taxonomia molecular; Zygosaccharomyces e Lachancea
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Filgueira Pereira, Luciana; Antônio de Morais Júnior, Marcos. Identificação e caracterização de levedura do gênero Lachancea Kurtzman isolada de mosto de alambique da Zona da Mata do Estado de Pernambuco. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia de Fungos, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo a identificação de um isolado de levedura coletado de um alambique no município de Paudalho-PE preliminarmente identificado como Zygosaccharomyces sp. Para elucidar o posicionamento taxonômico deste isolado foram utilizados os métodos taxonômicos convencionais e moleculares e feitas algumas inferências filogenéticas. Os ascos produzidos pelo isolado SPC2(7) assumiram a forma de halteres típica de espéciesdos gêneros Zygosaccharomyces e Lachancea. Os ensaios de assimilação de diferentes fontes de carbono e de nitrogênio e os testes de capacidade fermentativa mostraram que este isolado apresenta características fisiológicas distintas de todas as espécies pertencentes a ambos os gêneros. Já os padrões fenéticos obtidos com o uso de marcadores do tipo DNA-fingerprinting , mostraram a similaridade do isolado SPC2(7) com as espécies Lachancea cidri e Lachancea fermentati. A seqüência de nucleotídeos da região D1/D2 do gene ribossomal 26S confirmou que o isolado SPC2(7) pertence ao gênero Lachancea, além de mostrar sua completa similaridade com a seqüência homóloga da linhagem IFO11066 isolada no Japão que foi parcialmente classificada como Zygosaccharomyces sp. As análises de agrupamento genético tanto da seqüência D1/D2 como ITS1-5.8s-ITS2 pelos métodos de Máxima Verossimilhança e Neighbor-joining definiram o isolado SPC2(7) como um ramo filogeneticamente distinto de L. cidri e L. fermentati. A partir destes resultados, pode-se sugerir que o isolado SPC2(7) corresponde a um representante de uma nova espécie de levedura denominada neste trabalho como Lachancea mirantinus
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/412
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Biologia de Fungos

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
lfp.pdf806,65 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.