Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4115
Title: Práticas e eventos de letramento: um estudo sobre os usos sociais da escrita de jovens de meios populares
Authors: Lira dos Santos, Roberta
Keywords: Letrament; Juventude; Meios Populares; Redes Associacionistas; Escolarização; Leitura; Escrita.
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Lira dos Santos, Roberta; Emília Lins e Silva, Maria. Práticas e eventos de letramento: um estudo sobre os usos sociais da escrita de jovens de meios populares. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: A presente pesquisa teve como objetivo geral conhecer as práticas de letramento de jovens de meios populares. O trabalho tem por base os pressupostos teóricos do letramento enquanto uma prática social. Essa perspectiva analisa o letramento como prática processada pela intermediação da palavra escrita; como atividade interativa, social, cultural e historicamente situada. A pesquisa foi realizada em um bairro pobre do Recife chamado Coque com o qual a pesquisadora já mantinha um vínculo desde o ano de 2006. A aproximação com o Coque deu-se através de uma ação de extensão (uma oficina de memoriais) realizada pela orientadora e pela orientanda dessa pesquisa no NEIMFA, uma associação que atua no bairro há 24 anos. Foi por meio desta ação de extensão da UFPE que a pesquisadora conheceu os três sujeitos da pesquisa. Durante mais de dois meses, a pesquisadora acompanhou a rotina dos jovens por meio de entrevistas semi-estruturadas e coletou materiais escritos que circulavam entre eles. Foram realizadas em torno de sete entrevistas com cada jovem. Entre as perguntas que nortearam a pesquisa estavam: em que eventos de letramento os jovens se inserem e a partir de que domínios (do trabalho, educativo, religioso, do lazer)? Como se dava o acesso e a circulação dos materiais escritos? Que concepções e valores associam-se à leitura e à escrita? E, por fim, como tem se configurado a trajetória de letramento desses jovens e em que medida se relacionam com as suas atuais práticas de letramento? Os dados apontam para a presença de diferentes domínios de atividade, em especial, do domínio da educação, do lazer e o doméstico dando origem a diferentes eventos de letramento. Os materiais escritos em circulação envolviam um leque grande de opções: diferentes tipos de livros (teóricos, de literatura, técnicos, biografias, ficção, livros didáticos, religiosos), revistas, jornais, fanzines, dicionários, apostilas, correspondências, entre outros. Entre as principais formas de acesso percebemos o papel das bibliotecas, das associações, das redes de amizades, através das compras, da internet e com pessoas da família. Notamos que a trajetória dos jovens esteve marcada pela presença da escola uma vez que os três jovens possuem mais de dez anos de escolarização, mas que, no que se refere a esta instituição, percebemos formas distintas de engajamento em suas práticas. Os eventos de letramento do domínio do lazer têm uma relação forte com as inserções sociais e culturais possibilitadas pelas associações comunitárias, marcando até hoje as práticas de letramento dos jovens relativas a este domínio. Os resultados reforçam a importância de se pensar o letramento a partir das experiências sociais e culturais em que os jovens se engajam
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4115
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2547_1.pdf4.13 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.