Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4070
Título: Identificação da função benefício líquido da exploração turística do lago de Xingó usando programação matemática
Autor(es): Maria Alves Rodella, Lidia
Palavras-chave: Função benefício líquido;Custos sociais;Qualidade da água;Carga de fósforo
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria Alves Rodella, Lidia; Maria Guedes Alcoforado de Moraes, Márcia. Identificação da função benefício líquido da exploração turística do lago de Xingó usando programação matemática. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Economia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: Este trabalho apresenta uma função benefício líquido para o uso recreacional do lago de Xingó, representada pelo lucro do empresário prestador dos serviços de passeios de catamarã, função da carga de fósforo aportada no lago, resultante dos passeios. Dessa forma, busca-se mensurar custos sociais, que seriam as reduções de benefícios da atividade, caso haja limitações às cargas de fósforo no lago, para evitar processos de deterioração da qualidade da água. A metodologia utilizada foi desenvolvida neste trabalho e tem como base a resolução de um problema de programação matemática linear inteira mista. Formulou-se um problema de maximização do lucro, simulando o comportamento racional do empresário, representativo do benefício econômico da atividade, sujeito a uma restrição de qualidade da água, que impõe limite de carga de fósforo aportado ao lago para a atividade. A partir da alteração desse limite foram obtidas diferentes soluções da otimização, ou seja do lucro ótimo, indicador do benefício líquido do uso recreacional do lago. A restrição de qualidade se apresentou ativa em todas as otimizações, o que implica numa relação direta entre carga de fósforo e lucro, como esperado. Para verificar a robustez do modelo de otimização utilizado, foi realizada uma análise de sensibilidade para algumas variáveis exógenas utilizadas. Os resultados mostraram que mesmo diante de alterações significativas das mesmas, os valores dos benefícios se mantêm relativamente estáveis, indicando uma certa independência destes possíveis erros
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4070
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Economia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3755_1.pdf857,51 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.