Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4066
Título: A percepção de felicidade dos professores da Escola Municipal Presidente Kennedy Caruaru PE
Autor(es): da Silva Souza, Catarina
Palavras-chave: Felicidade;Educação;Professores
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: da Silva Souza, Catarina; Luis Simões, José. A percepção de felicidade dos professores da Escola Municipal Presidente Kennedy Caruaru PE. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: O trabalho, A percepção de felicidade dos professores da Escola Municipal Presidente Kennedy Caruaru PE vincula-se à Linha de Pesquisa em Teoria e História da Educação do curso de mestrado em Educação da Universidade Federal de Pernambuco. O estudo sobre a felicidade humana e sua relação com a escola, buscou identificar as opiniões dos professores do Ensino Fundamental II da Escola Municipal Presidente Kennedy sobre sua concepção e percepção de felicidade e a contribuição da escola para a conquista da felicidade humana. Diante da inexistência de um conceito único e universal de felicidade procuramos nos autores e filósofos reflexões acerca das suas concepções sobre o assunto, adotando o Cristianismo como referência histórica, respeitando a evolução do pensamento presente na sociedade através das mudanças ocorridas tanto socialmente quanto espiritualmente. Através das entrevistas tornou-se possível a coleta de dados, seguindo os objetivos da pesquisa. O capítulo referente à análise das entrevistas foi dividido da seguinte forma: 1. O que é felicidade; 2. Escola e felicidade: existe relação?; 3. A Contribuição da escola para a conquista da felicidade. A redação do relatório contemplou elementos considerados relevantes para a discussão dispondo de dados suficientes para sua execução. Ao final das reflexões entendemos que a felicidade diante de parte da sua história que conseguimos abordar apresenta-se como objetivo de todas as atitudes humanas e este ponto de vista é defendido desde o período Socrático até os dias atuais, o que pode divergir são os elementos constituintes e os meios e formas de aproximar-se dela. Finalizando a pesquisa identificamos que a forma de procurar a felicidade diverge entre os seres humanos pelo fato, dentre outros, de ter acesso à educação escolar, assim sendo, o maior objetivo da vida, desde a antiguidade, pode ser modificado conforme seu contato com a escola e o conhecimento
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4066
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo250_1.pdf1,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.