Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/390
Title: Ecologia alimentar de Albula vulpes na praia dos Carneiros estuário inferior do Rio Formoso, PE
Authors: Mendes Vieira Mota, Adriane
Keywords: Pisces; Conteúdo Estomacal; Crustáceos; Poliquetas
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Mendes Vieira Mota, Adriane; Roberto Botelho de Souza, José. Ecologia alimentar de Albula vulpes na praia dos Carneiros estuário inferior do Rio Formoso, PE. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: Uma das ferramentas mais importantes para se conhecer as características da alimentação em peixes, como diversidade, tamanho e periodicidade da alimentação, assim como fazer inferências sobre as estratégias alimentares e relações tróficas, é a análise de conteúdo estomacal. Albula vulpes (Albulidae) é uma duas espécies do gênero registradas para o Brasil. Ela é considerada um dos peixes mais importantes da pesca esportiva em países da América Central e do Norte. No Brasil, exemplares de pequeno e médio porte são comuns em arrastos costeiro. Para conhecer aspectos da biologia trófica desta espécie, foram realizadas coletas bimestrais na praia dos Carneiros (PE). Utilizou-se arrasto de fundo paras coletas, que ocorreram de dezembro de 2006 a novembro de 2007 nas máres enchentes e na lua Nova. Em cada coleta foram realizados 40 arrastos (10 diurnos, 10 noturnos e a réplica), análise química da água, granulometria e teor de matéria orgânica. Os peixes foram analisados morfometricamente. Ao todo, foram realizados 239 arrastos e coletados 350 exemplares e a relação massa-comprimento com melhor ajuste foi a potencial onde o comprimento explicou 96% da variação dos dados de massa. O comprimento dos indivíduos variou entre 4,05 cm e 29,77 cm. Os indivíduos capturados à noite foram significativamente maiores que os capturados durante o dia. 243 exemplares foram analisados quanto ao conteúdo estomacal, através do grau de digestão e repleção, e foram usadas as freqüência de ocorrência, numérica, volumétrica e importância dos itens. Foram ainda extraídos os índices alimentar, de importância relativa e a diversidade e equitabilidade dos itens encontrados. Quanto à repleção, 13% dos estômagos analisados estavam cheios, permitindo assim, uma melhor identificação dos organismos encontrados. Foram identificados 3.283 organismos distribuídos em 13 espécies, e 04 filos. Os crustáceos e poliquetas foram os itens principais de alimentação para Albula vulpes na praia de Carneiros. Os resultados mostraram, ainda, que A. vulpes não tem preferência de horário na alimentação e parece ser oportunista, comendo uma grande diversidade de organismos epibentônicos. A diversidade de itens variou durante o ano e setembro apresentou a maior diversidade, provavelmente devido a maior hidrodinâmica local. Conclui-se que A. vulpes é residente na praia de Carneiros, com pico de recrutamento no período de estiagem. Além disso, é carnívoro epibentônico, alimentando-se oportunamente durante todo o dia de crustáceos e poliquetas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/390
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1187_1.pdf2.09 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.