Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3661
Title: Síntese de novos derivados da Nitrofurantoína e avaliação de suas atividades biológicas
Authors: Izabel Freire de Souza, Marcia
Keywords: Doença de chagas;Nitrocompostos;Nitrofurantoína;N-Alquilação
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Izabel Freire de Souza, Marcia; Jose Brondani, Dalci. Síntese de novos derivados da Nitrofurantoína e avaliação de suas atividades biológicas. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Endêmica em 21 países da América Latina, a doença de Chagas mata, todos os anos, mais pessoas na região do que qualquer outra doença parasitária, incluindo a malária. Desde a descoberta da Doença de Chagas, em 1909, pesquisadores têm se empenhado na busca por fármacos que possam ser realmente eficazes contra esta doença, promovendo a cura parasitológica tanto na fase aguda quanto na fase crônica. Todavia, passados mais de cem anos, este é um problema que ainda permanece sem uma solução adequada, visto que as duas principais drogas aplicadas na terapêutica, o Nifurtimox e o Benznidazol, foram introduzidas na clínica nas décadas de 60-70, sendo que o Nifurtimox atualmente não está disponível comercialmente no Brasil e na maioria dos países. Neste contexto, faz-se necessário a obtenção de novas substâncias com potencial atividade anti-T. cruzi. Os nitrocompostos, grupo de moléculas com amplo perfil farmacológico possuindo atividade antimicrobiana e antiparasitária, além de também terem sido descritos como potentes inibidores irreversíveis da Tripanotiona Redutase em condições anaeróbicas. Focando-se nessas características, neste trabalho sintetizamos uma série de sete derivados da nitrofurantoína, para esses derivados foram realizadas as análises das suas ações antimicrobiana, antitumoral além de antichagásica. Os mesmos foram sintetizados a partir da nitrofurantoína e de seu derivado nifurtoínol, através da N-alquilação regioseletiva e da eterificação desses compostos respectivamente, utilizando para isto haletos de alquila, tendo como base o carbonato de potássio e como solvente a dimetilformamida. A elucidação estrutural foi realizada através da análise dos dados espectroscópicos de RMN 1H, e IV. Com relação às atividades biológicas, os testes antimicrobianos foram realizados in vitro, frente aos microorganismos da coleção do Departamento de Antibióticos da UFPE, onde se mediram as ZMI, CMB e CMI. Os derivados demonstraram conservação da atividade antimicrobiana, tendo merecido destaque os derivados 6, 7 e 8, por possuírem atividade mais pronunciada que o protótipo Nitrofurantoína. Com relação à atividade antitumoral, as amostras foram submetidas a ensaios de citotoxicidade, realizados também no Departamento de Antibióticos da UFPE. As substâncias apresentaram um percentual de citotoxicidade variando de 67 a 78.6%, indicando que apresentam atividade moderada para o potencial citotóxico. Contudo, os derivados demonstraram certa conservação e até elevada atividade biológica em comparação com seu protótipo a nitrofurantoína, e podem ser considerados promissores protótipo não só para a doença de chagas, como também para o câncer e infecções bacterianas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3661
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8498_1.pdf3.49 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.