Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3648
Title: Desenvolvimento de comprimidos revestidosdose-fixa-combinada estavudina + lamivudina + nevirapina para tratamento da AIDS
Authors: Renata Queiroz de Farias, Silvia
Keywords: Anti-retroviral;Dose-fixa-combinada;Estavudina;Lamivudina;Nevirapina;CLAE
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Renata Queiroz de Farias, Silvia; José Rolim Neto, Pedro. Desenvolvimento de comprimidos revestidosdose-fixa-combinada estavudina + lamivudina + nevirapina para tratamento da AIDS. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: É prioridade de saúde pública mundial a introdução de novos agentes anti-retrovirais no mercado, e no Brasil, o Ministério da Saúde (MS), de acordo com a lei n° 9.313/96, tem garantido distribuição gratuita de medicamentos a todos os portadores do HIV e doentes de AIDS , assegurando tratamento anti-retroviral adequado para cada estágio evolutivo da doença. Atualmente, são utilizadas quatro classes terapêuticas com esta finalidade: inibidores de transcriptase reversa análogos de nucleosideo, inibidores de transcriptase reversa não análogos de nucleosídeo, inibidores de protease e inibidores de fusão. Por se tratar de uma doença com alto nível de replicação, o vírus da imunodeficiência humana (HIV) contribui para a ocorrência de mutações e, conseqüentemente, resistência aos medicamentos existentes. O tratamento anti-retroviral padrão sempre deve incluir três fármacos, podendo ser utilizados separadamente ou na forma de dose-fixa-combinada, sendo esta última, a melhor opção, uma vez que este tipo de esquema resulta em melhor adesão e conseqüentemente, diminuição do índice de falhas na terapia. Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de comprimido revestido dose-fixa-combinada, à base de estavudina 40 mg, lamivudina 150 mg e nevirapina 200 mg em uma única forma farmacêutica, baseado em uma planificação quali-quantitativa dos excipientes, e sua obtenção através do método por via úmida. Para o processo de revestimento foram testados dois sistemas de dispersão com solvente aquoso. Como etapa inicial, realizou-se a caracterização dos insumos ativos. Também, foi realizado o desenvolvimento da metodologia analítica para doseamento do produto acabado por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Os comprimidos revestidos desenvolvidos apresentaram qualidade aceitável do ponto de vista farmacotécnico, sendo a próxima etapa a transposição de escala e o estudo de estabilidade, com a finalidade de garantir a eficácia e a qualidade do medicamento desenvolvido. A produção desta associação é mais um passo para o tratamento da AIDS, visto que esta proposta terapêutica é inédita no país e garantirá uma maior eficácia aos tratamentos já utilizados, principalmente para países em desenvolvimento na América, Ásia e África
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3648
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6461_1.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.