Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3647
Title: Estudo termoanalítico e cromatográfico de fármacos anti-reumáticos freqüentemente manipulados pelo setor magistral
Authors: VASCONCELOS, Priscila Barros
Keywords: Cromatografia;Infravermelho;Análise Térmica;Anti-reumáticos
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Barros Vasconcelos, Priscila; Pereira de Santana, Davi. Estudo termoanalítico e cromatográfico de fármacos anti-reumáticos freqüentemente manipulados pelo setor magistral. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Atualmente, o setor magistral exerce um importante papel nos cuidados para com a saúde, sendo necessário cada vez mais sua adequação à legislação vigente, de modo a garantir a qualidade de seus produtos. No Brasil, é crescente a opção por fórmulas manipuladas, como alternativa aos medicamentos industrializados, uma vez que é possível o preparo de medicamentos personalizados, com qualidade e de custo reduzido, em relação aos medicamentos industrializados. Dentre os benefícios que o medicamento manipulado apresenta, podemos destacar a possibilidade da associação entre fármacos nas diversas classes terapêuticas, incluindo a classe dos anti-reumáticos. A partir deste cenário, o presente trabalho teve como objetivo analisar termicamente as alterações nos fármacos anti-reumáticos, ciclobenzaprina, hidroxicloroquina, meloxicam, diacereína e prednisona e suas possíveis associações binárias. Primeiramente foi realizado um estudo térmico, através da Análise Térmica Diferencial (DTA) nos fármacos isolados e nas misturas binárias, para avaliar as mudanças nas propriedades físico-químicas em conseqüência da temperatura. Os resultados mostraram que as misturas binárias apresentaram ponto de fusão característico de misturas eutéticas com deslocamento para temperaturas inferiores, podendo indicar interações entre os fármacos utilizados nas misturas, deixando-os menos estáveis. Em seguida, foi realizado estudo de Espectrometria no Infravermelho (IV) e de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE), nos fármacos isolados e nas misturas binárias, preparadas na proporção 1:1. As análises foram realizadas antes e após submeter às amostras ao aquecimento, com intuito de analisar a presença ou não de alterações decorrentes do aquecimento. Os resultados mostraram que através do IV não foi possível identificar alterações significativas nos fármacos isolados e nas misturas, antes e após o aquecimento. Porém, através da CLAE foi possível observar essas alterações, uma vez que todos os fármacos foram degradados após o aquecimento. As misturas binárias mostraram-se instáveis, pois houve degradação dos fármacos após o aquecimento, resultados esses que corroboram com os obtidos na análise térmica, podendo indicar uma possível redução na estabilidade desses fármacos quando associados. As técnicas utilizadas neste trabalho para avaliação dos fármacos anti-reumáticos frequentemente utilizados na manipulação se mostraram eficazes, uma vez que foi possível avaliar as modificações nas propriedades físico-químicas, as alterações e interações, antes e após o aquecimento, nos fármacos isolados e nas misturas binárias
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3647
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6460_1.pdf4.59 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.