Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3621
Title: Controle físico-químico de Ginkgo biloba L. (Ginkgoaceae) cápsulas
Authors: Lima Meira, Juliana
Keywords: Cápsulas de ginkgo biloba;Controle de qualidade;Plantas medicinais;Dissolução
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Lima Meira, Juliana; Muniz de Albuquerque, Miracy. Controle físico-químico de Ginkgo biloba L. (Ginkgoaceae) cápsulas. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: A terapia com plantas data de milênios e no mundo moderno teve seu advento em países Europeus. Medicamentos constituídos de Ginkgo biloba L. representam um dos fitoterápicos mais vendidos no mundo. Sua aplicação vai desde doenças respiratórias, passando por doenças do sistema nervoso central e periférico até aplicações de casos iniciais para mal de Alzeheimer. Neste trabalho foi realizado o desenvolvimento metodológico qualitativo por cromatografia de camada delgada, onde se pode observar a presença, em vários fabricantes deste fitoterápico, de uma das principais moléculas farmacologicamente ativa, Flavonas glicosídicas, através de revelador de Neu e posterior observação em lâmpada ultravioleta. Em seguida desenvolveu-se a metodologia de quantificação de teor através de uma extração de flavonóides glicosídeos totais e leituras realizadas em espectrofotômetro, a validação da metodologia seguiu de acordo com os requisitos da RE-899 (Brasil, 2003).Por fim fez-se o desenvolvimento metodológico da dissolução das cápsulas, para que desta forma pudéssemos garantir a biodisponibilidade do ativo em tempo hábil, através de perfis comparativos utilizando 03 (três) meios diferentes, 02 aparatos de agitação, cestas e pás e 05 (cinco) tempos de coletas para desta forma obter a performance ideal do teste, em tempo aplicável a rotina de controle de qualidade, com a finalidade de quantificar os flavonóides totais contido em cápsulas de Ginkgo biloba L., a validação desta metodologia seguiu, assim como o desenvolvimento metodológico do teor, ao requisitos da RE-899 (Brasil, 2003) para também garantir, através de parâmetros estatísticos sua confiabilidade
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3621
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6444_1.pdf994.96 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.