Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3609
Title: Validação de metodologia analítica para matéria-prima e produto acabado contendo Stryphnodendron adstringens (Martius) Coville
Authors: Henrique Tabosa Pereira da Silva, Carlos
Keywords: Validação; Fitoterápicos; Stryphnodendron adstringens; Taninos
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Henrique Tabosa Pereira da Silva, Carlos; Lúcia Cavalcanti de Amorim, Elba. Validação de metodologia analítica para matéria-prima e produto acabado contendo Stryphnodendron adstringens (Martius) Coville. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: As plantas medicinais constituem a base do sistema de saúde de muitas sociedades. Stryphnodendron adstringens (Martius) Coville é popularmente conhecida como barbatimão, ibatimô, paricarana e casca-da-virgindade. Ela é uma árvore nativa brasileira largamente utilizada na medicina popular e ocorre em alta densidade em muitas localidades do Brasil central. Embora tenha amplo uso, apenas recentemente, estudos científicos foram realizados sobre as suas ações farmacológicas. S. adstringens revelou um potencial biológico bastante diversificado como antimicrobiano, antiinflamatório e cicatrizante, atividades estas atribuídas aos taninos do vegetal. As cascas do caule do barbatimão contêm pelo menos 20% de taninos. O presente trabalho se propõe a realizar a validação da metodologia analítica, por espectrofotometria no visível para S. adstringens. Este trabalho está de acordo com a Resolução RDC Nº 48, de 16 de março de 2004 e a Resolução 899, de 29 de maio de 2003 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) que regula os produtos fitoterápicos. O método proposto é considerado um método novo, devido não constar em compêndios oficiais e foi validado segundo a legislação em vigor. No estudo de validação de metodologia analítica, para o doseamento de taninos, a equação da reta obtida foi y = 0,0769x + 0,0136 com R2 de 0,9982. Os parâmetros robustez, precisão, especificidade, limite de quantificação e detecção foram avaliados estatisticamente com intervalo de confiança de 95% (teste t de Student, ANOVA). Ainda foi realiza a análise de perda devido ao processo extrativo por turbólise. O método espectrofotométrico desenvolvido se mostrou específico, linear, preciso, exato, reprodutível e robusto. Com este estudo, espera-se contribuir para o adequado controle de qualidade de fitoterápicos a base de Stryphnodendron adstringens
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3609
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6397_1.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.