Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3607
Title: Coronelismo eletrônico ou indústria cultural?: uma análise das empresas de radiodifusão do deputado federal Inocêncio Oliveira
Authors: Mendonça de Vasconcelos, Fabíola
Keywords: Indústrias culturais;Inocêncio Oliveira;Radiodifusão;Coronelismo eletrônico
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Mendonça de Vasconcelos, Fabíola; Edgard Rebouças, José. Coronelismo eletrônico ou indústria cultural?: uma análise das empresas de radiodifusão do deputado federal Inocêncio Oliveira. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: O presente trabalho se propõe a investigar as empresas de radiodifusão do deputado federal Inocêncio Oliveira (PR-PE) a TV Asa Branca e as rádios A Voz do Sertão (AM) e as FMs Líder do Vale e Transertaneja , utilizando como referenciais teóricos os estudos sobre coronelismo histórico, coronelismo eletrônico, indústrias culturais e economia política da comunicação, além de analisar a relação de poder que circunda os campos da comunicação e da política. Também é objeto de estudo a vida do parlamentar. Para viabilizar a pesquisa empírica, a autora deste estudo recorreu à história oral, utilizando-se de entrevistas, acompanhou a programação das emissoras e analisou documentos das empresas do grupo Inocêncio Oliveira. As quatro outorgas concedidas ao deputado têm levado alguns pesquisadores do campo da comunicação a defini-lo como coronel eletrônico. Na tentativa de investigar o rigor conceitual do termo coronelismo eletrônico, esta pesquisa retomou os estudos de Victor Nunes Leal, autor do clássico Coronelismo, enxada e voto (1978). Observou-se um distanciamento entre o conceito de Leal e a definição dada pelos pesquisadores da comunicação ao acrescentarem o adendo eletrônico ao termo histórico. Ao investigar a possível utilização política na programação das emissoras do parlamentar, este estudo identificou que as empresas funcionam dentro da lógica das indústrias culturais. Para além de atender a uma necessidade eleitoral, as concessões de radiodifusão liberadas a políticos representam um elemento a mais que contribui para aumentar o patrimônio financeiro e empresarial desses políticos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3607
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Comunicação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo84_1.pdf7.48 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.