Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3599
Título: Desenvolvimento de métodos analíticos para a associação de Metformina + Glibenclamida em comprimidos
Autor(es): Flávia Oliveira Santos, Ana
Palavras-chave: Ciências farmacêuticas;Análise térmica;HPLC
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Flávia Oliveira Santos, Ana; Oliveira Macêdo, Rui. Desenvolvimento de métodos analíticos para a associação de Metformina + Glibenclamida em comprimidos. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: Esse trabalho teve por objetivo desenvolver metodologia analítica aplicada nos estudos de pré-formulação do comprimido (Metformina-Glibenclamida). Os estudos termoanaliticos foram realizados para caracterização térmica, compatibilidade fármaco-excipientes, fármaco-fármaco e determinação da estabilidade dos pré- formulados. A segunda etapa do projeto teve como propósito o desenvolvimento e validação de uma nova metodologia analítica de quantificação utilizando a Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE), para ambos os fármacos estudados. As amostras analisadas foram: Comprimidos de Glucovance®, metformina, glibenclamida, lactose, PVP K30, estearato de magnésio, amido, celulose microcristalina (Microcel®), glicolato de amido sódico (Explosol®) e croscamelose sódica (Explosel®). As curvas DTA da metformina, glibenclamida, excipientes e misturas binárias foram obtidas, utilizando um analisador térmico diferencial de marca Shimadzu, modelo DTA-50, numa atmosfera de nitrogênio de 50mL.min-1, sendo a massa das amostras analisadas em torno de 8,0mg, acondicionadas em um cadinho de alumina nas razões de aquecimento de 10ºC/min até 900ºC. As curvas DSC da metformina, glibenclamida e misturas binárias foram obtidas utilizando um calorímetro Shimadzu, modelo DSC-50, utilizando uma atmosfera de nitrogênio, fluxo de 50mL.min-1, com razão de aquecimento de 5oC.min-1, até a temperatura de 500oC e massa em torno de 2,0mg acondicionadas em um cadinho de alumínio. As imagens dos processos calorimétricos foram obtidas através do sistema fotovisual, modelo VCC-520, conectado a um microscópio da marca Olympus e a uma câmara fotográfica da marca Sanyo acoplada ao calorímetro, nas mesmas condições de análises do DSC convencional. As curvas TG das misturas binárias, metformina e glibenclamida foram obtidas utilizando uma termobalança Shimadzu, modelo TGA 50H, sob fluxo de ar sintético de 20mL.min-1, usando uma atmosfera de nitrogênio de 50mL/min., com razão de aquecimento de 10oC.min-1, até 900oC. As amostras foram acondicionadas em cadinho de alumina com uma massa em torno de 5,5 ( 0,5) mg. Os dados de DTA, DSC e DSCFotovisual mostraram que os excipientes estudados não evidenciaram mudanças no comportamento térmico das misturas binárias metformina-excipiente e glibenclamida-excipiente, com exceção das misturas binárias de metformina com amido e lactose. Este fato foi confirmado através dos dados de diagrama de fase, que evidenciaram grau de interação nas diferentes proporções estudadas. Os estudos termogravimétricos (TG) das misturas binárias metformina-excipiente e Glibenclamida-excipiente mostraram diferentes comportamentos térmicos em relação ao número de etapas e perdas de massas. Os estudos calorimétricos dos pré-formulados A, B e C mostraram que o pré-formulado A apresentou uma melhor estabilidade em relação aos demais, apresentando pureza de 98,67%. O método analítico por CLAE desenvolvido mostrou-se adequado para a quantificação de ambos os fármacos estudados, baseando-se nos parâmetros de validação da resolução da ANVISA (899/2003). A implementação da análise térmica e a aplicação de novos métodos analíticos têm sido consideradas importantes ferramentas nas diferentes áreas da indústria farmacêutica, fornecendo informações que determinam os parâmetros de qualidade tecnológicos do medicamento, visando o desenvolvimento de novas formulações
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3599
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo6394_1.pdf1,35 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.