Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3525
Título: Caracterização de diferentes granulados e comprimidos de carbonato de cálcio a partir do pó de concha de ostras
Autor(es): Karla Mota Santana, Aila
Palavras-chave: Concha de ostra; Carbonato de cálcio; Validação; Caracterização física
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Karla Mota Santana, Aila; José Rolim Neto, Pedro. Caracterização de diferentes granulados e comprimidos de carbonato de cálcio a partir do pó de concha de ostras. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Resumo: A osteoporose é uma doença esquelética sistêmica progressiva, caracterizada pela redução da massa óssea e deterioração da microarquitetura do osso, conduzindo à sua fragilidade e com conseqüente aumento da susceptibilidade às fraturas. O alvo preliminar e secundário da farmacoterapia na osteoporose é impedir fraturas ósseas. O tratamento inicial da osteoporose deve ser feito através da suplementação de cálcio. O mais recomendado é o carbonato de cálcio, por apresentar maior quantidade de cálcio elementar (40%). O pó de concha de ostra apresenta-se como uma alternativa viável e eficaz na suplementação desse mineral, por ser constituído na sua maioria de carbonato de cálcio. É de fundamental importância avaliar todas as características de pós e grânulos, entre elas, tamanho médio das partículas, distribuição do tamanho da partícula, forma da partícula, estrutura da superfície, área da superfície, entre outros, para determinar os parâmetros envolvidos no processo de desenvolvimento da forma farmacêutica comprimido. Qualquer fator que altere os processos de desagregação e dissolução poderá afetar diretamente a biodisponibilidade, expressa em termos de quantidade de fármaco absorvido e velocidade do processo de absorção. Uma forma de se avaliar a disponibilidade in vitro desse mineral é através do teste de dissolução, que é sensível a algumas modificações ocorridas durante o processo de obtenção de comprimidos. Diante disto, este trabalho teve como objetivo avaliar os parâmetros que poderiam interferir na dissolução do fármaco. Para isso foi realizado um planejamento fatorial, obtendo diferentes granulados e comprimidos com características diferentes, realizado a caracterização física dos mesmos e observado a influência de cada parâmetro modificado na dissolução dos comprimidos. Além disso, foi desenvolvido e validado um método analítico para doseamento do carbonato de cálcio na matéria-prima, produto acabado e para quantificação do teor de carbonato de cálcio dissolvido. Os métodos apresentaram-se robusto, exato e preciso, apresentando resultados reprodutíveis e confiáveis
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3525
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo6186_1.pdf1,35 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.