Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3446
Título: Estudos das transformações dos espaços de habitação do Sítio Histórico de Olinda
Autor(es): Renato Pina Moreira, André
Palavras-chave: Espaço Construído;Conservação urbana;Patrimônio cultural
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Renato Pina Moreira, André; de Albuquerque Lapa, Tomás. Estudos das transformações dos espaços de habitação do Sítio Histórico de Olinda. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: O casario secular do Sítio Histórico de Olinda permaneceu quase intocável até a década de 1970, preservando suas tipologias, volumetrias, disposições dos ambientes interno e a forma de implantação nos lotes. Nas três últimas décadas, as intervenções feitas pelos novos moradores e usuários, causaram alterações nos traçados das plantas originais e nas formas tradicionais de implantação nos lotes dos imóveis residenciais. As descaracterizações foram agravadas pelos processos de gentrificação e de pressão por mudanças, Observa-se que essas transformações variam de acordo com a área onde o imóvel está situado, com o nível sócioeconômico da população, com a forma de manifestar a cultura, com a maneira como essa população agrega o valor do Sítio Histórico. O objetivo deste trabalho é identificar as transformações nos espaços de habitação do Sítio Histórico de Olinda e relacionar-las com as características sócio-econômicas e com a estrutura de parcelamento e ocupação do solo da área de estudo
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3446
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Desenvolvimento Urbano

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo5347_1.pdf5,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.