Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3442
Título: Sistema de informação para parques e praças: uma abordagem ergonômica dos espaços livres públicos
Autor(es): LIMA, Margarida Barbosa Correia
Palavras-chave: Sistema de informação; Ergonomia do ambiente construído; Design universal
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Barbosa Correia Lima, Margarida; Bezerra Martins, Laura. Sistema de informação para parques e praças: uma abordagem ergonômica dos espaços livres públicos. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Design, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: Apesquisa se destina à elaboração de diretrizes para criação de sistemas de informação para parques e praças, com uma abordagem ergonômica dos espaços livres públicos. Parte-se do pressuposto de que o planejamento de sistemas de informação locados nos espaços livres públicos: parques e praças, respeitando a vocação de cada logradouro e levando em consideração as necessidades dos usuários, pode contribuir de forma positiva para a renovação desses espaços de convivência coletiva. O objetivo geral é definir diretrizes para elaboração de Sistemas de Informação para os espaços livres públicos: parques e praças, com a finalidade de dotar esses logradouros de elementos informativos: de orientação espacial, de difusão cultural, de educação ambiental, de preservação dos bens públicos, necessários a uma mais completa fruição do ambiente pelos usuários. Para tanto, devem-se considerar as habilidades e limitações desses usuários e adequar as informações às características específicas do tipo de logradouro. Esses objetivos visam oferecer melhor qualidade de vida para a população, na medida em que esses espaços correspondam às necessidades dos usuários. Esta pesquisa tem enfoque no estudo da ergonomia, com suas ênfases na ergonomia informacional, na ergonomia cognitiva, na ergonomia do ambiente construído e na ergonomia cultural, considerando os princípios de desenho universal e da acessibilidade integral. A metodologia utilizada nessa pesquisa é a de Análises Sistêmicas do Sistema homem-tarefamáquina nas etapas da apreciação e da diagnose ergonômica. A utilização desses método e técnica proporcionou os meios necessários para obtenção do diagnóstico ergonômico que definiu a criação das diretrizes destinadas à elaboração dos sistemas de informação para parques e praças
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3442
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Design

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo4408_1.pdf3,36 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.