Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3431
Título: La publicidad; agente de mudanza socio-cultural orientada al consumo femenino
Autor(es): Fernando Núnes García, Julio
Palavras-chave: Publicidad;Necesidades;Identidad;Estereotipos;Mudanza;Géneros.
Data do documento: 2005
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Fernando Núnes García, Julio; Tavares Carvalho de Lima Filho, Dirceu. La publicidad; agente de mudanza socio-cultural orientada al consumo femenino. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Resumo: Vivemos dentro de um processo ininterrupto de desenvolvimento social e de mudanças que nos desconcertam. Uma maneira de perceber esse fato é capturando a natureza de descontinuidades ou mudanças em uma de suas manifestações para entender a modernidade. Esta manifestação pontual está representada na publicidade como instrumento econômico da sociedade de consumo a partir da reflexividade da vida social moderna, onde as práticas sociais são constantemente examinadas e reformuladas à luz de novas informações sobre estas mesmas práticas, alterando assim, constitutivamente, seu caráter.(Giddens, 1991:45). Academicamente, através da análise do discurso publicitário, sustentamos que a publicidade de absorventes higiênicos, dirigida ao mercado feminino, não é apenas um reflexo de nossa sociedade de consumo. Simultaneamente, ela é a representação de mudanças e valorizados estereótipos de consumo correspondentes a estilos de vida e, quando identificados, influenciam nossas decisões de compra. A publicidade resultante de um enfoque discursivo pela concepção de Hall S. (1996:15) sobre a identidade; seria uma construção em processo nunca terminado sendo possível ganhá-la ou perdê-la, ou melhor, comprá-la ou abandoná-la. A publicidade, mediante a identificação proposta, será um agente de mudança sociocultural orientada ao consumo, na medida em que modifica a identidade dos modelos propostos de consumo, reiterando-se no intento de rearticular e manter uma relação entre sujeitos e práticas discursivas como resultado de uma orientação estratégica de comunicação
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3431
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Comunicação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo4684_1.pdf855,98 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.