Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3418
Título: Caminhos das águas: o transporte fluvial no Recife, 1835-1860
Autor(es): Lícia Barros Milfont, Magna
Palavras-chave: Transporte fluvial;Caminhos marítimos;Recife
Data do documento: 2003
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Lícia Barros Milfont, Magna; Pitta Pontual, Virgínia. Caminhos das águas: o transporte fluvial no Recife, 1835-1860. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Resumo: O transporte fluvial no Recife durante o século XIX passava por mudanças, principalmente, nos elementos da operação e organização verificados entre os anos de 1835-1860. Essas mudanças eram oriundas da vinda de Missões hidrográficas francesas e da tecnologia náutica do vapor, provocando o rompimento de percursos realizados pelos barcos fluviais entre os rios Capibaribe, Beberibe e o mar. O rompimento entre caminhos marítimos e fluviais desencadeou numa desarticulação dos ofícios de canoeiro, jangadeiro e barcaceiro que compunha a organização do transporte fluvial no Recife. Portanto, assistia-se na cidade do Recife o paulatino desmonte de um sistema fluvial que marcava o território urbano com ancoradouros, portos, cais e passagens fluviais e marítimas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3418
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Desenvolvimento Urbano

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo5339_1.pdf2,52 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.