Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3313
Title: Desenvolvimento de formas farmacêuticas semi-sólidas à base de óleo de linhaça (Linum usitatissimum l.) com ação cicatrizante para tratamento e prevenção de ulceras de pressão
Authors: Flávia Vasconcelos Pessanha, Ana
Keywords: Ulceras de Pressão; Óleo de Linhaça; Ácidos graxos essenciais; Caracterização físico-química.
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Flávia Vasconcelos Pessanha, Ana; José da Silva Goés, Alexandre. Desenvolvimento de formas farmacêuticas semi-sólidas à base de óleo de linhaça (Linum usitatissimum l.) com ação cicatrizante para tratamento e prevenção de ulceras de pressão. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Ulceras de pressão (UP) são lesões cutâneas ulcerosas decorrentes de isquemia tecidual em regiões comprometidas e/ou friccionadas por longo período de tempo, a qual possui tratamento com impacto econômico significativo, uma vez que afeta milhões de pacientes, particularmente aqueles inseridos nas unidades de terapia intensiva (UTI). Atualmente são utilizadas emulsões oleosas à base de óleos vegetais com alto teor de ácidos graxos essenciais (AGE) para o tratamento dessa patologia. Nesse contexto, o óleo de linhaça (Linum usitatissimum) se torna uma opção, destacando-se devido ao alto conteúdo de ácidos graxos essenciais, contendo ácido oléico (ômega 9), ácido linoléico (ômega 6) e ácido linolênico (ômega 3) com composição média por mol de 14-30 %, 14-25 % e 45-60 % respectivamente. O presente trabalho objetivou a caracterização do óleo de linhaça, para o desenvolvimento de uma forma farmacêutica semi-sólida para incrementar a farmacoterapêutica das UP. Na etapa de caracterização, foram identificados os ácidos graxos componentes do óleo através de cromatografia gasosa (CG) e verificados os índices de acidez e de peróxidos, obtendo-se um resultado de 0,47g/100g em ác. oleico e 1,64mEq/kg, respectivamente, atendendo aos parâmetros de qualidade estabelecidos pela RDC nº 270, de 22 de setembro de 2005. Foi realizado um planejamento quali-quantitativo de excipientes para o delineamento da forma farmacêutica pomada, utilizando 5% de óleo de linhaça como princípio ativo. A formulação final foi escolhida de acordo com os resultados obtidos em estudos de espalhabilidade e reologia, além de estudos prévios de estabilidade acelerada. Foram realizados os controles de qualidade físico-químicos pertinentes, bem como análises térmicas, para assegurar a qualidade do produto final
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3313
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2754_1.pdf8 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.