Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3279
Título: Teores de tatinos e flavonóides em plantas medicinais da caatinga: avaliando estratégias de bioprospecção
Autor(es): Fernanda de Queiroz Siqueira, Clarissa
Palavras-chave: Compostos fenólicos; Fitoquímica; Etnofarmacologia.
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Fernanda de Queiroz Siqueira, Clarissa; Paulino de Albuquerque, Ulysses. Teores de tatinos e flavonóides em plantas medicinais da caatinga: avaliando estratégias de bioprospecção. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: Ainda existem poucos estudos que permitam uma visão mais ampla da grande diversidade de espécies da Caatinga utilizadas na medicina popular. Dentre os bioativos destas plantas características da vegetação Caatinga que são utilizadas para fins terapêuticos estão os polifenóis, mais precisamente os taninos e os flavonóides. Esses compostos que servem de mecanismo de defesa para as plantas contra patógenos e herbívoros, exibem uma vasta gama de propriedades farmacológicas. Portanto, avaliou-se a relação entre os teores destes compostos fenólicos (taninos e flavonóides) com três grupos de indicações terapêuticas de plantas usadas popularmente na Caatinga: antimicrobiana, antidiabética e antidiarréica. Assim, a presente proposta foi baseada em uma pergunta norteadora: o teor de compostos fenólicos (taninos e flavonóides) guarda relação com grupos de plantas indicadas popularmente para afecções relacionadas com a atividade desses compostos? A seleção das plantas foi baseada em um levantamento etnobotânico realizado na comunidade do Carão, localizada no município de Altinho que fica a 163,1 km do Recife. Após secagem à temperatura ambiente, o material foi triturado e devidamente armazenado. Para doseamento dos taninos foi utilizada a técnica de Difusão Radial, e para quantificação de Flavonóides totais foi utilizado um ensaio baseado na complexação dos flavonóides em cloreto de alumínio. Foi observado que houve uma maior ocorrência de compostos tânicos no grupo das plantas indicadas como antimicrobianas podendo esta indicação terapêutica motivar pesquisas futuras por apresentar uma possível relação com este composto
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3279
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2742_1.pdf554,76 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.