Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3268
Title: Georreferenciamento e Determinação de Limites de Imóveis em Atendimento à Lei 10.267/2001
Authors: LUNA, Rejane Maria Rodrigues de
Keywords: Georreferenciamento;Imóveis;GPS
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Maria Rodrigues de Luna, Rejane; Antunes Correia Marques de Sá, Lucilene. Georreferenciamento e Determinação de Limites de Imóveis em Atendimento à Lei 10.267/2001. 2004. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologia da Geoinformação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Abstract: O cadastro tem se consolidado como um sistema de informações territoriais fundamental para o desenvolvimento econômico dos países, utilizado pelos setores público e privado para o planejamento urbano e rural, aperfeiçoamento de sistemas tributários, gerenciamento territorial e monitoramento ambiental. Em 2001, foi sancionada a Lei 10.267/2001, que estabeleceu a exigência de georreferenciamento dos imóveis rurais, o estabelecimento de um intercâmbio sistemático de informações entre o cadastro e o registro de imóveis e a criação do Cadastro Nacional de Imóveis Rurais CNIR. Nessa pesquisa avaliou-se a qualidade da determinação das coordenadas de pontos limites de propriedades, obtidas através da integração de métodos de levantamento, para atender às exigências da Lei 10.267/01, considerando-se a realidade atual no Brasil. Os métodos de levantamento cadastral foram detalhados e experimentos realizados, com ênfase na aplicação de métodos combinados, taqueometria eletrônica e posicionamento com GPS. Analisou-se, ainda, a adequação do Sistema Geodésico Brasileiro - SGB, para o georreferenciamento dos imóveis rurais com a precisão posicional definida após a lei. Com respeito à qualidade da medição dos limites de propriedade, o estudo propõe e detalha a aplicação do Método dos Mínimos Quadrados MMQ e da lei de propagação de erros. Esses procedimentos são necessários para o atendimento ao princípio da vizinhança, exigido em levantamentos cadastrais, e para a obtenção de indicadores da incerteza posicional na determinação das coordenadas dos pontos que caracterizam geometricamente os limites das parcelas. Os resultados demonstram a urgência da densificação do SGB e a adequação da utilização de receptores GPS de uma freqüência para a obtenção de coordenadas de limites com precisão melhor que 50cm
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3268
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4899_1.pdf1.4 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.