Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3245
Título: Avaliação da qualidade e caracterização dos insumos isoniazida e rifampicina utilizados na preparação de cápsulas dose fixa combinada
Autor(es): Coutinho Cavalcanti, Aline
Palavras-chave: Tuberculose;Rifampicina;Isoniazida;Controle de qualidade;Estabilidade;Estudo de degradação
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Coutinho Cavalcanti, Aline; Muniz de Albuquerque, Miracy. Avaliação da qualidade e caracterização dos insumos isoniazida e rifampicina utilizados na preparação de cápsulas dose fixa combinada. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: A tuberculose faz parte do grupo de doenças negligenciadas, e é uma das doenças infecciosas que mais mortes têm causado em todo o mundo, havendo aproximadamente um terço da população global, o equivalente a dois bilhões de pessoas, infectada pelo M. tuberculosis. Formulações em dose fixa combinada (DFC) envolvem a combinação de duas ou mais drogas numa só formulação, sob fixas proporções e assumem importância como estratégia potencial para o tratamento da tuberculose, embora ao longo dos anos tenham sido detectados problemas em sua qualidade, como a falha na biodisponibilidade de rifampicina, instabilidade nas formulações, desenvolvimento de resistência e efeitos tóxico-alérgicos, a isoniazida e rifampicina, as duas principais drogas de primeira linha desse tratamento, podem ser encontradas em DFC. O controle de qualidade é uma ferramenta importante para as indústrias farmacêuticas afirmarem a qualidade do medicamento produzido, de modo a garantir a segurança e eficácia do mesmo. É também essencial a monitoração da qualidade dos insumos utilizados nas preparações farmacêuticas, sobretudo dos princípios ativos. Os estudos de estabilidade transcendem a etapa inicial de controle de qualidade e são planejados para garantir o uso pretendido do medicamento durante sua vida útil. Este estudo é uma parceria entre o Núcleo de Controle de Qualidade de Medicamentos e Correlatos e o Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco e apresenta o desenvolvimento e validação de método indicativo de estabilidade por cromatografia líquida de alta eficiência para fármacos e produtos farmacêuticos em dose fixa combinada de isoniazida e rifampicina, além de estudo de avaliação de degradação em meio ácido dos insumos e de cápsulas de isoniazida + rifampicina (200 + 300 mg) e avaliação de diversos fabricantes de rifampicina, fármaco mais crítico dessa associação, buscando-se sua caracterização
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3245
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2146_1.pdf1,78 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.