Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3243
Título: Manchetes socioambientais: noticiabilidade e agendamento em diários impressos brasileiros
Autor(es): de Castro Gonçalves, Janayde
Palavras-chave: Aquecimento global;Jornalismo;Representação social
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Castro Gonçalves, Janayde; Eurico Vizeu Pereira Junior, Alfredo. Manchetes socioambientais: noticiabilidade e agendamento em diários impressos brasileiros. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: Entendendo o Jornalismo como construção social da realidade e considerando os critérios de noticiabilidade que auxiliam na construção das manchetes ambientais, investigamos no universo 1092 capas de jornais como os temas aquecimento global, desmatamento,chuvas, poluição, e outros fatos ambientais são tratados pelos principais jornais de circulação nacional no ano de 2007: Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e O Globo. A pesquisa investigou como as ocorrências ambientais que chegaram às manchetes contribuíram para o agendamento da temática, de que maneira se deu esse agendamento e que valores-notícia estão associados a essa cobertura. O estudo apóia- se nas teorias e metodologias do newsmaking. Buscamos observar também as constituições de sentido sobre a atual crise ambiental que se tornaram irrevogavelmente inscritas na agenda pública do mundo inteiro e de que maneira, Jornalismo e Ambientalismo caminham juntos na construção de uma consciência ecológica
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3243
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Comunicação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo40_1.pdf1,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.