Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3198
Title: Membrana de biopolímero de cana-de-açúcar como remendo em arterioplastias femorais em cães
Authors: Marques Lins, Esdras
Keywords: Prótese vascular;Implante de prótese vascular;Bioprótese;Cana-de-açúcar
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Marques Lins, Esdras; Lamartine de Andrade Aguiar, José. Membrana de biopolímero de cana-de-açúcar como remendo em arterioplastias femorais em cães. 2007. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Cirurgia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a utilização da membrana de biopolímero de cana-de-açúcar como remendo em arterioplastias femorais em cães. Material e método: Oito cães adultos mestiços foram anestesiados por via endovenosa com cloridrato de cetamina na dose de 2,5 mg / Kg e brometo de pancurônio na dose de 0,2 mg / Kg, após indução com tiopental sódico na dose de 12,5 mg / Kg. Foi realizada tricotomia das regiões inguinais e a seguir procedeu-se a velocimetria Doppler percutânea das artérias femorais direita e esquerda para controle pré-operatório. Sob condições de assepsia e anti-sepsia os cães foram submetidos à dissecção das artérias femorais seguida da medida do diâmetro arterial e de uma arteriotomia longitudinal com retirada de um fragmento elíptico da parede arterial medindo 1,5 cm por um terço do diâmetro da artéria. Para a correção do defeito da parede arterial, os animais foram submetidos à arterioplastia femoral bilateral com remendos da membrana de biopolímero de cana-de-açúcar no lado esquerdo (grupo experimental) e de PTFE expandido (grupo controle) no lado direito. As suturas foram contínuas com fio de prolene ® 7.0. As membranas utilizadas como remendos são constituídas de um biopolímero obtido por síntese bacteriana a partir do melaço de cana-de-açúcar, produzidas na Estação Experimental de Cana-de-Açúcar de Carpina da Universidade Federal Rural de Pernambuco e processadas para aplicação como prótese cirúrgica no Núcleo de Cirurgia Experimental do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Pernambuco. Na primeira semana pós-operatória os cães foram submetidos a avaliação clínica diária e semanal a partir do oitavo dia. A avaliação clínica consistiu no exame dos pulsos femorais, na avaliação da marcha e na observação da presença de tumor pulsátil, hematoma ou hemorragia e infecção da ferida operatória. Após 180 dias das arterioplastias, sob anestesia geral, foi realizada tricotomia das regiões inguinais e abdominal e procedeu-se nova fluxometria Doppler percutânea das artérias femorais . Os animais foram submetidos à dissecção das artérias femorais, medido o diâmetro arterial e realizada velocimetria Doppler trans-operatória em pontos proximal e distal à arterioplastia. A seguir foi realizada laparotomia e exposição da aorta abdominal para acesso arteriográfico. Através da velocimetria Doppler e da arteriografia foi pesquisada a ocorrência de trombose, aneurisma e falso-aneurisma. Os segmentos das artérias femorais com os remendos foram retirados para estudo histopatológico e os animais foram mortos com dose tóxica de anestésico. Resultados: No período de avaliação de 180 dias, nos dois grupos, não foram observados casos de infecção da ferida operatória , dilatação, ruptura, falso-aneurisma ou trombose. Nos dois grupos foi encontrada uma resposta inflamatória crônica com neutrófilos e linfócitos. Nas superfícies externa e interna dos remendos foi encontrada fibrose. No grupo controle ocorreu invasão dos remendos de e-PTFE por fibroblastos. Conclusões: Com base nos resultados obtidos com o modelo experimental utilizado, conclui-se que a membrana de biopolímero de cana-de-açúcar pode ser utilizada como remendo em arterioplastias femorais em cães
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3198
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Cirurgia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5646_1.pdf2.64 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.