Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3164
Título: Síntese e avaliação da atividade antimicrobiana de derivados 4-Tiazolidinonas: análogos estruturais piridínicos
Autor(es): Leonardo Verçoza da Silva, George
Palavras-chave: 4-tiazolidinonas;Tiossemicarbazonas;Atividades antimicrobianas;Grampositivas;Candida albicans;Mycobacterium megmatis;Mycobacterium tuberculosis
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Leonardo Verçoza da Silva, George; Gildo de Lima, José. Síntese e avaliação da atividade antimicrobiana de derivados 4-Tiazolidinonas: análogos estruturais piridínicos. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: As ações terapêuticas de alguns fármacos podem ser melhoradas através da modificação molecular. São conhecidas as propriedades biológicas de numerosos compostos heterocíclicos, entre os quais aqueles contendo enxofre e nitrogênio no seu anel. Entre estes compostos os derivados, das 4-tiazolidinonas merecem destaque especial por suas atividades antimicrobiana, antifúngica, antiprotozoária, antiinflamatória, entre outras. A partir dessas informações, sintetizamos uma série de derivados das 4- tiazolidinonas (4 a-m) para avaliar as atividades biológicas contra algumas bactérias e fungos. Inicialmente, foram obtidas tiossemicarbazonas (3a-m) preparadas a partir de formil-piridinas (1 a-c) e tiossemicarbazidas não-substituídas e substituídas (2), em etanol sob refluxo, sendo posteriormente tratadas e purificadas por recristalização em solvente apropriado. Na segunda etapa, as tiossemicarbazonas foram ciclizadas utilizando o anidrido maléico (aceptor de Michael) para formar as 4-tiazolidinonas. Após purificação, as substâncias finais apresentaram rendimentos entre 14-50%. Para a caracterização estrutural dos compostos sintetizados foram empregadas as espectroscopias de infravermelho e ressonância magnética nuclear (RMN 1H e RMN 13C). Quanto à atividade biológica, as novas moléculas foram submetidas a testes de atividade antimicrobiana, sendo avaliadas contra bactérias Gram-positivas, Gram-negativas e fungos. Dos doze derivados tiazolidinônicos sintetizados, apenas cinco (4a, 4g, 4h, 4j e 4m) foram selecionados para a realização da CMI e CMB em meio líquido. Todos os compostos analisados demonstraram atividade biológica contra bactérias Gram-positivas e contra fungos dos gêneros Candida albicans e Malassezia furfura. Entretanto, apenas o composto 4j apresentou atividade bacteriostática para Klebsiella pneumoniae, que é uma bactéria Gram-negativa, e boa atividade bactericida contra Mycobacterium smegmatis e Mycobaterium tuberculosis. De acordo com os resultados, o composto 4g apresentou atividade bactericida considerável frente ao M. luteus, tendo melhor resultado do que cloranfenicol. Em relação aos compostos 4h e 4m verificou-se similaridade em relação à CMI, contra Candida albicans, quando comparados com a nistatina. Em geral, os derivados 4-tiazolidinonas da série 4a-m apresentaram consideráveis atividades antimicrobianas frente aos microrganismos testados, principalmente aqueles com o nitrogênio do anel piridínico na posição 2. Além disso, alguns destes derivados demonstraram melhores valores de CMI, CMB e CMF quando comparados aos fármacos de referência
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3164
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2091_1.pdf931,48 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.