Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3161
Title: As cabeceiras das pontes segundo seus padrões formais: o caso do centro da cidade do Recife/Brasil, do século XVII ao XX
Authors: de Oliveira Reynaldo, Maria
Keywords: Cabeceiras de ponte; Padrões formais; Tipologia espacial urbana; Método histórico-morfológico
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Oliveira Reynaldo, Maria; Diniz Moreira, Fernando. As cabeceiras das pontes segundo seus padrões formais: o caso do centro da cidade do Recife/Brasil, do século XVII ao XX. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: Esta dissertação de mestrado tem como objetivo identificar padrões formais que caracterizem tipologias de cabeceiras de pontes no decorrer do processo histórico de formação urbana de cidades atravessadas pelas águas. Neste intuito, adota como estudo de caso a composição formal das cabeceiras das pontes do centro da cidade do Recife, durante quatro séculos de sua história (XVII-XX). Isto, devido ao fato de esta constituir um exemplar de cidade cujo núcleo original atravessado pelas águas exigiu a construção de sucessivas pontes para viabilizar a sua expansão rumo ao continente. Já as cabeceiras das pontes de seu centro histórico, configuram estudos de casos representativos quanto à incidência de práticas urbanísticas que conduziram a uma série de variações formais ao longo de sua história. Para tanto, a pesquisa centra-se no tema de leitura da forma urbana, referenciando-se, teoricamente, nos campos da morfologia e da história urbana, através de autores tais como: Lamas (2000), Aumont (1990), Rossi (1966), Argan (2000), Caniggia & Maffei (1995), Poète (1929), De Quincy (1977), Sitte (1889) e Krier (1979). Neste sentido, a dissertação utiliza como conceitos-chave, os termos: padrões formais - aspecto multiplicador do método analítico - e tipologias espaciais urbanas - aspecto sintetizador do método analítico. Deste modo, tem como finalidade contribuir para a teoria da morfologia urbana, através da caracterização de mais uma tipologia espacial urbana - a cabeceira de ponte -, assim como através do emprego de métodos de leitura da forma urbana. Na medida em que o estudo de caso incide sobre as cabeceiras de pontes do centro da cidade do Recife, esta pesquisa visa contribuir, também, para a história urbana desta cidade. Como conclusão, a pesquisa identifica uma série de padrões formais que caracteriza as variações das composições formais das cabeceiras das pontes do centro da cidade do Recife, bem como aponta para algumas tipologias espaciais urbanas de cabeceiras de pontes de cidades atravessadas pelas águas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3161
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Desenvolvimento Urbano

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2317_1.pdf5.96 MBAdobe PDFView/Open
arquivo2317_2.pdf9.84 MBAdobe PDFView/Open
arquivo2317_3.pdf9.42 MBAdobe PDFView/Open
arquivo2317_4.pdf4.18 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.