Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3156
Título: Síntese e avaliação biológica de derivados tiazolidínicos visando novos antimicrobianos
Autor(es): Leite Gouveia, Frederico
Palavras-chave: Derivados tiazolidínicos; Atividade antimicrobiana; Atividade citotóxica
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Leite Gouveia, Frederico; Ferreira Cavalcanti de Albuquerque, Julianna. Síntese e avaliação biológica de derivados tiazolidínicos visando novos antimicrobianos. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: As doenças infecciosas são responsáveis por número apreciável de óbitos da população mundial. A resistência de microrganismos a antibióticos existentes tem aumentado dramaticamente nos últimos anos. Neoplasias também são fonte de grande preocupação, visto que o câncer permanece como a segunda causa de morte, depois das desordens do coração, tanto em países avançados como em desenvolvimento. Longe de ser apenas uma curiosidade científica o surgimento de microrganismos resistentes a múltiplas drogas e o grande número de casos de câncer na população mundial, têm exigido o desenvolvimento de novas alternativas terapêuticas. Diversas publicações têm se referido às tiazolidinas, heterocíclicos pentagonais contendo átomos de nitrogênio e enxofre em seu núcleo, como potenciais agentes antimicrobianos e antiproliferativos. Em um estudo de relação estruturaatividade preliminar, são descritos neste trabalho a síntese e a avaliação das atividades antimicrobiana e citotóxica de compostos do tipo 5- benzilideno-4-tioxo-tiazolidina-2-onas. Os derivados tiazolidínicos foram obtidos através da tiocarbonilação na posição 4 da tiazolidina-2,4-diona, seguido de condensação tipo Knoevenagel com os respectivos aldeídos aromáticos. Os produtos sintetizados foram purificados por cristalização, lavagem e coluna cromatográfica em solventes apropriados, obtendo-se rendimentos entre 15 e 70% e caracterizados estruturalmente por métodos espectroscópicos convencionais (RMN 1H, RMN 13C e IV). A avaliação antimicrobiana foi realizada in vitro, utilizando os métodos de difusão em disco (determinação do halo de inibição) e concentração mínima inibitória (CMI), frente a bactérias e levedura da coleção de microrganismos do Departamento de Antibióticos da UFPE e frente a isolados clínicos de bactérias Gram-positivas resistentes a múltiplas drogas, obtidas e identificadas nos Setores de Bacteriologia das Unidades Laboratoriais do hospital das Clínicas da UFPE e do Hospital Agamenon Magalhães, de diversos sítios de infecção e setores hospitalares. Os ensaios citotóxicos foram realizados in vitro frente a células NCI-H292 e HEp-2 (derivadas de carcinoma epidermóide de pulmão e laringe respectivamente) cedidas pelo Instituto Adolfo Lutz. Os resultados mostraram significativa atividade contra bactérias Gram-positivas, incluindo contra os isolados clínicos resistentes a múltiplas drogas, destacando-se a importância da 4-tiocarbonila e do substituinte 5-benzilideno para o aumento da atividade antibacteriana dessa classe de compostos. Nenhum dos derivados testados exibiu atividade antiproliferativa significante contra as linhagens celulares de carcinoma humano
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3156
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2090_1.pdf6,13 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.