Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3147
Título: Modificações Ultra-sonográficas no posicionamento da Junção Uretrovesical e da Uretra Proximal. Estudo comparativo entre as cirurgias de Burch e Fita Livre de Tensão (TVT)
Autor(es): José Cardoso Cavalcanti, Francisco
Palavras-chave: Incontinência Urinária;Incontinência Urinária de Esforço;Cirurgia de Burch;Fita Livre de Tensão
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: José Cardoso Cavalcanti, Francisco; Teixeira Brandt, Frederico. Modificações Ultra-sonográficas no posicionamento da Junção Uretrovesical e da Uretra Proximal. Estudo comparativo entre as cirurgias de Burch e Fita Livre de Tensão (TVT). 2006. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Cirurgia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: Introdução: Dezenas de técnicas cirúrgicas têm sido propostas para tratar a incontinência urinária de esforço (IUE). Dentre elas, a cirurgia de Burch e a Tension-free Vaginal Tape (TVT) se destacam. Objetivo: Comparar os principais parâmetros relacionados à junção uretrovesical (JUV) e uretra proximal (UP) através da ultra-sonografia transvulvar, tanto no repouso como no esforço, em mulheres com IUE tratadas ou pela cirurgia de Burch ou pela cirurgia de TVT. Pacientes e Métodos: Um total de 40 mulheres com IUE foram aleatoriamente alocadas por randomização em bloco em dois grupos. Um grupo foi submetido à cirurgia de Burch e o outro à cirurgia de TVT. Ambos os grupos foram semelhantes em relação à idade, índice de massa corpórea (IMC) e grau de IUE no pré-operatório. Todas as pacientes foram submetidas à ultrasonografia transvulvar da JUV e da uretra proximal com a bexiga vazia. Resultados: Nas avaliações pós-operatórias no repouso não houve diferença significativa em relação às médias de DPU, DVJUV e UP (p > 0,39). No entanto, houve redução significante (p < 0,000001) nos parâmetros anatômicos da DHJUV dentre as pacientes operadas pela técnica de Burch (média da DHJUV = 6,00 ± 5,61mm) comparada à técnica de TVT (média da DHJUV = 15,35 ± 4,56 mm). No esforço as DPU e DHJUV foram significantemente menores (pF0,05) na Burch (10,60 ± 4,22 mm e 7,50 ± 6,81 mm, respectivamente) que na TVT (14,20 ± 6,76 mm e 14,70 ± 6,70 mm, respectivamente). Além do mais, a cirurgia de Burch também reduziu significativamente (p F 0,05) as médias de deslocamentos das DVJUV (5,35 ± 3,13 mm) e UP (4,00 ± 5,66 mm), comparadas às médias destes parâmetros encontradas no TVT (8,35 ± 5,91 mm e 8,50 ± 6,72 mm, respectivamente). Conclusão: Ambos os procedimentos cirúrgicos aproximam a JUV e a UP da sínfise púbica, embora a cirurgia de Burch reduza estes parâmetros mais significantemente que a cirurgia de TVT
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3147
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Cirurgia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo5588_1.pdf2,48 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.