Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3139
Title: Desenvolvimento e validação de metodologia analítica e avaliação do impacto das condições de cultivo e coleta associados à sazonalidade na produção de óleo essencial de Plectranthus amboinicus (Lour) Spreng
Authors: CARNEIRO, Fabíola Bernardo
Keywords: Plectranthus amboinicus (Lour) Spreng;Planta medicinal;Sazonalidade;Cromatografia gasosa
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Bernardo Carneiro, Fabíola; Oliveira Macêdo, Rui. Desenvolvimento e validação de metodologia analítica e avaliação do impacto das condições de cultivo e coleta associados à sazonalidade na produção de óleo essencial de Plectranthus amboinicus (Lour) Spreng. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: O Brasil encontra-se em uma importante fase no uso de medicamentos fitoterápicos, que passam a ter que satisfazer os mesmos critérios de eficácia e segurança exigidos para os medicamentos convencionais, obtidos por síntese. O registro de medicamentos fitoterápicos (BRASIL, 2004) estabelece o controle de qualidade da matéria-prima vegetal como pré-requisito essencial para a obtenção de fitoterápicos com reprodutibilidade de ação. Uma das dificuldades de se desenvolver fitoterápicos que apresentem estas características de reprodutibilidade lote a lote da ação terapêutica é a variabilidade na concentração de marcadores, decorrente dos efeitos de sazonalidade no cultivo das plantas. O presente trabalho estuda a relação existente entre algumas variáveis que podem estar relacionadas com a variação da quantidade de óleo essencial da espécie Plectranthus amboinicus (Lour) Spreng cultivada, através do monitoramento do óleo essencial por cromatografia à gás. Foram conduzidos experimentos que tiveram o objetivo de avaliar a maior concentração de óleo essencial sob diferentes condições de adubação (adubo orgânico, adubo mineral 1 e adubo mineral 2), irrigação (irrigação diária e irrigação alternada), incidência solar (direta e indireta), horário de coleta (7h, 12h e 16h) e idade da planta (60, 90, 120 e 150 DAP), em diferentes ciclos vegetativos (1 e 2). Nas diferentes condições de adubação, foi verificado que no ciclo1 o adubo orgânico obteve melhor desempenho e no ciclo 2 a adubação mineral 1 foi superior. A irrigação alternada e a incidência solar direta demonstraram ser a melhor condição nos dois ciclos. No ciclo 1 o melhor horário de coleta foi o das 7h, já no ciclo 2 o melhor horário foi o das 16h. A concentração de óleo essencial variou nos diferentes estágios de desenvolvimento da planta, tendo sido obtido os melhores índices aos 60 DAP no ciclo 1 e 2
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3139
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2088_1.pdf506.27 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.