Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3115
Título: Design no urbano: metodologia de análise visual de equipamentos no meio urbano
Autor(es): GUEDES, João Batista
Palavras-chave: Desenvolvimento urbano;Desenho urbano;Análise visual;Arquitetura e Urbanismo
Data do documento: 2005
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Batista Guedes, João; Maria Gama Monteiro, Circe. Design no urbano: metodologia de análise visual de equipamentos no meio urbano. 2005. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Resumo: Este trabalho trata do desenvolvimento de um método que possibilita a análise visual da forma dos equipamentos urbanos em relação ao meio em que estes se inserem. O método proposto é baseado na articulação das modalidades de análise, que são agrupadas em três categorias: o modo visual, a qualidade da forma, e a configuração do meio. O método possui um caráter relacional, visto que as análises são efetuadas a partir da elaboração de arranjos que são formados entre as conexões das modalidades. Cada combinação mostra o caminho percorrido e revela parte do problema investigado. O método foi desenvolvido e testado simultaneamente, com o intuito de averiguar a sua aplicabilidade e realizar os ajustes necessários. O resultado é um método que procura ordenar e explicitar os diversos níveis de complexidade que envolvem a análise da forma dos equipamentos urbanos: uma abordagem em que o meio urbano é tratado como parte integrante da configuração geral dos equipamentos nele presentes
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3115
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Desenvolvimento Urbano

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo5409_1.pdf8,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.