Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3091
Title: Luzes e sombras da requalificação urbana orientada para as novas tecnologias: o caso do Porto Digital
Authors: Maria Asunción Lara Neves, Margarita
Keywords: Marketing territorial;Governança institucional;Aprendizado tecnológico;Requalificação urbana
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Maria Asunción Lara Neves, Margarita; Maria Ribeiro Leal, Suely. Luzes e sombras da requalificação urbana orientada para as novas tecnologias: o caso do Porto Digital. 2006. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Este estudo objetiva uma avaliação do projeto de desenvolvimento do Porto Digital, sistema local de inovação em tecnologia de software que está localizado na centralidade urbana do Bairro do Recife. Essa avaliação permeia três eixos de investigação teórica: as condições em que se realiza o aprendizado tecnológico em economias de capitalismo periférico, a governança institucional que legitima e dá suporte à atividade produtiva e a política urbana que traduz as condições em que se realiza a requalificação urbana de uma centralidade histórica que contempla esse pólo do conhecimento enquanto fator de desenvolvimento econômico e social de uma centralidade urbana. O Porto Digital é uma iniciativa do governo estadual de fortalecer a economia do conhecimento que apresenta um território de oportunidades traduzidas na excelência do capital humano que participa da qualificação de um produto intangível e do desenvolvimento de pesquisas orientadas ao mercado externo. O trabalho, em caráter exploratório, utiliza a pesquisa qualitativa enquanto procedimento metodológico e privilegia as entrevistas como instrumento de elaboração de um diagnóstico do empreendimento, reconhecendo os esforços gerenciais realizados de parte da comunidade digital que objetiva dinamizar os níveis de empreendedorismo, competitividade e a escala de produção, necessários ao atendimento da demanda na esfera global. A política urbana que orienta a requalificação da área de intervenção do Porto Digital se legitima por um conjunto de interesses de classe onde o Estado dissemina as bases de uma cultura tecnológica que incorpora o valor simbólico do sítio histórico aos negócios em tecnologias de informação e comunicação. O Município que deveria exercer o controle do ordenamento territorial da centralidade histórica é omisso quanto às diretrizes de ocupação do solo urbano pelo empreendimento. O Projeto apesar de incorporar nos seus objetivos as perspectivas de inserção social, não tem conseguido resultados expressivos nesses cinco anos desde sua implantação. As evidências se inclinam para consolidar uma tendência de privatização dos espaços públicos que ameaça o controle social de lugares de elevado conteúdo cultural em benefício dos interesses do mercado, descomprometido de práticas sócias e ambientais efetivas e solidárias que propiciem uma mudança nas expectativas de vida das comunidades locais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3091
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Desenvolvimento Urbano

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5378_1.pdf3.68 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.