Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3077
Title: Reconstrução laringotraqueal em adultos com uso de cartilagem tireóide autógena
Authors: Coelho Alves Silveira, Fábio
Keywords: Estenose subglótica;Reconstrução laringotraqueal;Cartilagem tireóide
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Coelho Alves Silveira, Fábio; da Silva Caldas Neto, Silvio. Reconstrução laringotraqueal em adultos com uso de cartilagem tireóide autógena. 2005. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Cirurgia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Abstract: A estenose subglótica é uma seqüela obstrutiva laringotraqueal e causa freqüente de obstrução das vias aéreas tendo como principais etiologias a intubação traqueal prolongada e a traqueostomia e sendo potencialmente letal. Diante dessa situação clínica, existem diversos tipos de abordagens cirúrgicas disponíveis e neste estudo apresentamos uma alternativa técnica de reconstrução laringotraqueal com uso da porção central da lâmina da cartilagem tireóide. Este estudo teve como objetivo comparar os índices de sucesso e de complicações pós-operatórias obtidos com uma técnica de laringotraqueoplastia modificada e com uma técnica convencional. Foram utilizados 60 pacientes do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco portadores de estenose subglótica grau III de Cotton, cuja idade variou de 19 a 62 anos, divididos em um grupo controle, no qual utilizou-se a técnica convencional, e um grupo estudo, em que se procedeu a técnica modificada. No grupo de estudo, 90,0% dos pacientes tiveram sucesso cirúrgico (decanulação), enquanto que este índice foi de 63,3% entre os pacientes do grupo controle. Com relação às complicações pós-operatórias, a única relevante nos dois grupos foi o prolapso de supraglote, que aconteceu em 27,0% no grupo controle e nenhum dos casos do grupo de estudo. Concluiu-se que a modificação da técnica empregada é uma boa escolha para a laringotraqueoplastia, apresentando melhores resultados tanto para a desobstrução da via área quanto para as complicações pós-operatórias
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3077
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Cirurgia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5565_1.pdf1.34 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.