Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3019
Title: Síntese assimétrica de 3-carboxamidas enantiomericamente puras e de hidrazidas e arilhidrazonas, derivadas do novo heterociclo 7-(benzoil)- 2-isoxazolina[5,4-b] pirrolidina. Avaliação das atividades biológicas
Authors: Moraes de Almeida, Valderes
Keywords: 2-isoxazolinas; Hidrazidas; Hidrazonas; Cicloadição 1,3-dipolar assimétrica; Atividade analgésica; Atividade anti-inflamatória
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Moraes de Almeida, Valderes; Rodolfo de Faria, Antônio. Síntese assimétrica de 3-carboxamidas enantiomericamente puras e de hidrazidas e arilhidrazonas, derivadas do novo heterociclo 7-(benzoil)- 2-isoxazolina[5,4-b] pirrolidina. Avaliação das atividades biológicas. 2008. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: Em estudos prévios, 2-isoxazolinas aza-bicíclicas foram obtidos por nosso grupo de pesquisa, dando origem a núcleos como o 2-isoxazolina[5,4-b]piperidina e 2-isoxazolina[5,4- b]pirrolidina. Amidas N-benzoiladas derivadas dessas substâncias, apresentaram-se biologicamente ativas, (teste antiinflamatório e de efeitos gerais). Substâncias contendo as funções hidrazida e hidrazona são descritas na literatura, apresentando inúmeras e pronunciadas atividades biológicas. A funcionalidade hidrazona consiste no grupo farmacofórico de inúmeras substâncias, induzindo às atividades analgésicas, antiinflamatória, e anticonvulsivante. Diante desses fatos, obtivemos, através da hibridação molecular, hidrazidas e hidrazonas, contendo tais aza-biciclos. Os ésteres isoxazolínicos foram obtidos através de reações de cicloadição 1,3-dipolar entre enecarbamato Nbenziloxicarbonil- 2-pirrolina e óxido de nitrila (CEFNO), seguido por hidrogenólise e Nbenzoilação. Obteve-se primeiramente as hidrazidas, reagindo-se os ésteres da série pirrolidínica com hidrazina. Rendimentos de 80 a 90% foram obtidos em condições brandas. Em seguida submeteu-se as hidrazidas à reações de condensação com aldeídos aromáticos para obtenção de 20 novos derivados N-acil-arilhidrazonas, que foram obtidas com rendimentos variando de 75 a 97%. Todas as hidrazidas e hidrazonas foram devidamente identificadas por métodos espectrométricos (RMN 13C e 1H, IVFT). A atividade antiinflamatória das hidrazonas foi avaliada pelo método de peritonite em camundongos nas doses de 50, 100 e 200 μmol/kg; A indometacina foi utilizada como padrão na dose de 50 μmol/kg. A hidrazona (R1 = Cl, R2 = OMe) apresentou 27%, 39% e 44% de inibição da inflamação, respectivamente nas doses testadas. A atividade antinociceptiva foi realizada pelo método de contorções abdominais induzida por ácido acético. A hidrazona (R1 = NO2 e R2 =F) apresentou 74% de efeito analgésico contra 65% da dipirona, fármaco padrão. Uma segunda abordagem deste trabalho foi dada a síntese assimétrica. Diante dos excelentes resultados de atividade anti-inflamatória do derivado 3-carboxamidas-N-(benzoil)- 2-isoxazolina[5,4-b]pirrolidina, sintetizamos ambos os enantiômeros puros, para averiguarmos a influência da estereoquímica relativa e absoluta da 2-isoxazolina azabicíclica, em questão, na atividade anti-inflamatória, isoladamente de cada antípoda óptico, assim como para o desenvolvimento de metodologia sintética de isoxazolinas bicíclicas quirais. Partindo do ácido L-piroglutâmico, realizou-se a proteção da função ácido como éster benzílico. Em seguida, o nitrogênio do éster do ácido piroglutâmico foi protegido com o grupamento terc-butóxidocarbonila (Boc). Redução da carbonila carbamídica levou à formação de um lactamol, com 81% de rendimento. Eliminação da hidroxila do lactamol levou a formação do enecarbamato quiral, com 82% de rendimento. Utilizando o enecarbamato quiral, com um centro assimétrico com configuração absoluta definida, houve, através da reação de cicloadição 1,3-dipolar assimétrica com N-óxido de nitrila-CEFNO, a formação de um par de diastereoisômeros. Após separação dos mesmos por cromatografia, remoção do indutor quiral, que ocorre em 3 etapas, obteve-se portanto os enantiômeros separados. Reação de eliminação do grupamento Boc, seguida de acilação do nitrogênio com o grupo p-fluorobenzoila e por fim a amonólise do éster etílico, conduziu à formação das amidas quirais enantiomericamente puras. A atividade anti-inflamatória dos enantiômeros separados e da mistura racêmica, foi realizada pelo método de peritonite em camundongos, sendo testada a dose de 150 μmol/Kg. A mistura racêmica apresentou uma atividade anti-inflamatória de 67%, contra 65% para um enantiômero 59% para o outro enantiômero. A exploração sintética dos núcleos 2-isoxazolina[5,4-b]piperidina e 2- isoxazolina[5,4-b]pirrolidina, foi realizada de forma bastante satisfatória neste trabalho, demonstrando o grande potencial destes heterociclos. Através de síntese assimétrica obtivemos os derivados 3-carboxamidas N-(benzoil)-2-isoxazolina[5,4-b]pirrolidina enantiomericamente puro. A etapa chave para a obtenção dos enantiômeros foi a reação de cicloadição 1,3-dipolar assimétrica envolvendo enecarbamatos endocíclicos quirais com Nóxido de nitrila, reação esta, ainda não relatada na literatura até o momento
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3019
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2109_1.pdf2.67 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.