Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2979
Title: Todo caminho dá na venda: a influência do comércio de varejo nas transformações físicas do espaço urbano. Os bairros do Recife, Santo Antônio e São José, 1970-2006
Authors: de Lourdes Carneiro da Cunha Nóbrega, Maria
Keywords: Comércio;Morfologia;Preservação
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Lourdes Carneiro da Cunha Nóbrega, Maria; Gomes da Silva, Geraldo. Todo caminho dá na venda: a influência do comércio de varejo nas transformações físicas do espaço urbano. Os bairros do Recife, Santo Antônio e São José, 1970-2006. 2008. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: Através do desenvolvimento desta pesquisa procura-se demonstrar a seguinte tese: que a dinâmica do comércio de varejo presente nas áreas históricas, em face da conservação dessas áreas, gera o dualismo - aceleração e descaracterização - nas transformações morfológicas desses espaços urbanos. A tese é demonstrada em face da ambivalência presente na atual ocupação exclusivamente comercial de áreas instituídas, por lei municipal, como sítios históricos nos bairros do Recife, Santo Antonio e São José, na cidade do Recife. Este dualismo se apresenta quando as atividades do comércio de varejo presentes nos sítios históricos ao mesmo tempo em que usam e dinamizam essas áreas históricas, também contribuem para descaracterização arquitetônica desses sítios, que deveriam ser legalmente preservados. Os estudos que compõem esta pesquisa apresentam a relação da atividade comercial com o processo histórico de formação da cidade, na qual, atualmente, estão configurados espaços públicos e edificações de uso exclusivamente comercial. Os estudos demonstram a estreita relação entre o uso comercial e a formação dos espaços urbanos nas áreas instituídas, a partir dos anos 1970, como sítios históricos. Descreve-se a inserção das atividades de varejo no processo de desenvolvimento da cidade, as quais, ao longo do tempo, apresentaram-se de diversas formas: lojas, comerciantes de rua, mercados públicos, shoppings, etc. Os espaços de comércio são revelados em suas várias formas de integração à configuração formal da cidade. Considerando o período compreendido desde a institucionalização das áreas históricas, anos 1970, até o ano de 2006, as pesquisas realizadas apresentam as principais modificações exercidas pelo uso da atividade do comércio de varejo, na arquitetura dos espaços urbanos dos sítios históricos em estudo, modificações estas que geralmente se constituem como ações descaracterizadoras desses sítios. As descaracterizações identificadas na arquitetura do espaço urbano são compreendidas pelos estudos pertinentes ao marketing varejista. O marketing estabelece funções para o comércio de varejo e visa atrair o consumidor através de estratégias de vendas, as quais incluem a modificação do espaço físico comercial. O comércio de varejo que integrou e auxiliou na constituição do espaço histórico desde a sua formação passa assim, a partir do século XX, com suas novas estratégias a descaracterizá-lo. Por fim, objetivando através do desenvolvimento desta tese a preservação e o restauro dos sítios históricos estudados, a partir dos estudos realizados são estabelecidos parâmetros para a utilização dos espaços urbanos e edificações que abrigam a atividade comercial
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2979
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Desenvolvimento Urbano

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2316_1.pdf10.02 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.