Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2962
Title: Modelos de interpoladores aplicados à construção de superfícies batimétrica
Authors: de Almeida Silveira, Thyago
Keywords: Sistemas de Informação Geográfica (SIG);Levantamentos Batimétricos;Modelos de Interpoladores;Análises Geoestatísticas
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Almeida Silveira, Thyago; Luiz Portugal, José. Modelos de interpoladores aplicados à construção de superfícies batimétrica. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologia da Geoinformação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Nas ultimas décadas as Tecnologias da Geoinformação, e mais precisamente os Sistemas de Informações Geográficas (SIG) tem sido incorporados no gerenciamento de zonas costeiras e oceânicas. As amostras pontuais, resultantes dos levantamentos batimétricos, representam a profundidade do relevo submerso. A partir delas, por processos de interpolação, a morfologia daquele relevo pode ser obtida. Face às inúmeras possibilidades de modelos de interpoladores, torna-se difícil escolher qual interpolador irá gerar a superfície que mais se aproxime da superfície real. Uma solução passível para esse problema é a baseada em geoestatística. Nesse sentido, esta pesquisa teve por objetivo estabelecer qual interpolador reproduz mais fidedignamente a morfologia da plataforma continental interna, adjacente da Região Metropolitana de Recife, que passa por uma série de estudos para contenção da erosão marinha, sobre custodia do Projeto de Monitoramento Ambiental Integrado - MAI. Para tanto, a metodologia empregada foi dividida em quatro etapas: i) aquisição e análise exploratória dos dados; ii) implementação dos interpoladores Inverso da Distância Ponderada, Polinomial Local, Funções de Base Radial, Polinomial Global e Krigagem; iii) análise estatística dos resultados; e vi) criação da superfície tridimensional. Os resultados obtidos indicaram que não existem diferenças significativas entre o Polinomial Local, Funções de Base Radial e Krigagem. Portanto, qualquer um desses três métodos pode ser recomendado. Entretanto, por ser o único interpolador capaz de espacialisar a distribuição dos erros sobre uma superfície, opta-se por selecionar a Krigagem como o interpolador mais indicado para a representação tridimensional da área em estudo. Dessa forma, os resultados comprovam que a metodologia proposta conseguiu alcançar seu objetivo, explicitando que ao interpolar dados advindos de levantamentos batimétricos, é necessário analisar o comportamento dconjunto de amostras de entrada, com base em análises estatísticas espaciais, de forma a assegurar a veracidade de sua representação em uma superfície tridimensional
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2962
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2036_1.pdf2.53 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.