Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2938
Title: Avaliação de Classificadores em Imagem de Alta Resolução: Área urbana de Jaboatão dos Guararapes-PE
Authors: Gomes de Macedo, Olindina
Keywords: Áreas de preservação ambiental;Imagens de alta resolução;Classificação visual;Classificador ISOSEG e BHATTACHARRYA
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Gomes de Macedo, Olindina; Lucia Bezerra Candeias, Ana. Avaliação de Classificadores em Imagem de Alta Resolução: Área urbana de Jaboatão dos Guararapes-PE. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologia da Geoinformação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: A avaliação de classificadores automáticos de imagens QUICKBIRD em relação à classificação visual integrada a visita de campo para comprovação da verdade terrestre, permite testar classificadores automáticos de imagens submétricas, indicando as vantagens e restrições na identificação de alvos. A observação da ocupação do solo nas áreas de preservação ambiental aplicando a avaliação de classificação visual e classificadores automáticos representam importante contribuição metodológica, principalmente nas ocupações subnormais nas margens de corpos de água. Uma área teste no entorno e margem da lagoa Olho D Água, Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, foi usada para analisar testes de alguns classificadores automáticos e classificação visual integrada à inspeção visual e fotográfica dos alvos em campo da imagem QUICKBIRD de 2005 georreferenciada em UTM/SAD/69. A área de estudo está inserida na Zona de Proteção Ambiental Z4.10 de acordo com a Legislação Urbanística Básica do Município de Jaboatão dos Guararapes, Lei nº165 de 20/11/1980, e Área de Preservação Permanente, APP, conforme Resolução 303/2002 do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), tendo sido realizada carta imagem e zoneamento temático usando o ARCVIEW usando imagem RGB QUICKBIRD das áreas de preservação conforme a legislação referida, áreas livres, áreas de solo exposto, áreas construídas e áreas com cobertura vegetal, indicando que 4,946 ha de área construída estão dentro da Z4.10, do total de 102,261 ha de área construída. A metodologia de aplicação dos classificadores consistiu em síntese em classificar os alvos água, solo exposto, área construída e vegetação, realizando: 1- segmentação da imagem fusionada multiespectral (RGB) QUICKBIRD de 0,6 m de pixel; 2- realce por componentes principais com diferentes limiares de similaridade; 3- uso dos classificadores automáticos ISOSEG e BHATTACHARRYA, classificação visual da imagem RGB com o software SPRING. Na avaliação, o classificador BHATTACHARRYA com limiar de aceitação de 95% foi o que mais de aproximou da análise visual da imagem original RGB assumida como referencia. Na avaliação da classificação visual dos alvos a imagem de referência RGB integrada à visita de campo, e comparada à classificação BHATTACHARRYA, as regiões da interface água/solo foram bem definidas, demonstrando a utilidade da metodologia para separar alvos em regiões complexas de ocupação subnormal e protegidas pela legislação ambiental
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2938
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2032_1.pdf6.6 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.