Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2884
Title: Deslizamento de anel tratado por dilatação endoscópica após derivação gástrica em Y de Roux com anel
Authors: EVANGELISTA, Luis Fernando Lobato
Keywords: Cirurgia bariátrica;Derivação gástrica com anel;deslizamento de anel;Dilatação endoscópica
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Fernando Lobato Evangelista, Luis; Antônio Bandeira Ferraz, Alvaro. Deslizamento de anel tratado por dilatação endoscópica após derivação gástrica em Y de Roux com anel. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Cirurgia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: Introdução: O tratamento cirúrgico da obesidade mórbida encontra bons resultados com a cirurgia de derivação gástrica em Y de Roux (DGYR). A adição de anel restritivo a esta técnica pode aumentar a eficácia, porém este anel pode sofrer um deslizamento distal, necessitando de reoperação para a sua remoção. Objetiva-se descrever a técnica e os resultados da dilatação endoscópica no tratamento do deslizamento de anel, analisando a sua eficácia e segurança. Pacientes e métodos: É um estudo retrospectivo que analisa os casos de deslizamento de anel tratados nos últimos cinco anos no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco e em um serviço privado da cidade de Recife. A casuística contém 39 pacientes submetidos a DGYR com anel, o qual apresentou deslizamento que causou estenose da via de saída gástrica. Destes, 35 foram tratados por dilatação endoscópica com balão, cujos resultados foram avaliados para determinar a eficácia e a segurança do método. Resultados: O procedimento promoveu 100% de alívio sintomático nos pacientes estudados. Foram realizadas em média 1,8 sessões para alívio dos sintomas. O tempo médio de permanência hospitalar foi de 14,4 horas. Houve ruptura do fio que amarrava internamente o anel em 65,7% dos casos. Como complicação do método, um paciente apresentou sangramento auto-limitado e quatro evoluíram com migração intragástrica do anel. Conclusão: O tratamento do deslizamento de anel após cirurgia de DGYR com anel encontra na dilatação endoscópica uma alternativa segura e eficaz
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2884
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Cirurgia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1343_1.pdf2.75 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.