Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2852
Título: MAKING SOFTWARE PRODUCT LINE EVOLUTION SAFER
Autor(es): Santiago Ferreira, Felype
Palavras-chave: Linhas de produtos de software; evolução de linha de produto; ferramentas de checagem; refatoração; refinamento; evolução segura
Data do documento: 31-Jan-2012
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Santiago Ferreira, Felype; Henrique Monteiro Borba, Paulo. MAKING SOFTWARE PRODUCT LINE EVOLUTION SAFER. 2012. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.
Resumo: Desenvolvedores evoluem linhas de produtos de software (LPSs) manualmente ou usando Ferramentas típicas de refatoração de programas. No entanto, quando a evolução de uma Linha de produtos é feita para introduzir novas características, ou para melhorar o seu projeto, é importante ter a certeza de que o comportamento dos produtos existentes não é modificado. Programas típicos de refatoração de software não podem garantir isso porque o contexto de LPS vai além de código, e outros tipos de artefatos de código, e envolve artefatos adicionais, tais como modelos de feature e configuration knowledge. Além disso, em uma LPS, normalmente temos que lidar com um conjunto de possíveis artefatos de código-fonte alternativos que não constitui um programa bem formado. Como resultado, mudanças manuais e ferramentas de refatoração de software existentes podem introduzir mudanças comportamentais ou invalidar configurações de produtos existentes. Para evitar isso, propomos abordagens e implementamos ferramentas para tornar a evolução de linhas de produtos mais segura; essas ferramentas verificam se transformações em LPS são refinamentos no sentido de que preservam o comportamento dos produtos originais da LPS. Elas implementam aproximações diferentes e práticas de uma definição formal de refinamento de LPS. Avaliamos as abordagens em cenários concretos de evolução de LPS, onde o comportamento do produto existente deve ser preservado. No entanto, nossas ferramentas constataram que algumas transformações introduziram mudanças comportamentais. Além disso, avaliamos refinamentos defeituosos, e o conjunto de ferramentas detectou as mudanças de comportamento.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2852
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Não existem arquivos relacionados com este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.