Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2810
Título: Ilha do aprender : um ambiente para EAD no Second Life
Autor(es): RAMOS, Roberto de Almeida Batista
Palavras-chave: Educação a Distância; Interação; Second Life; Ilha do Aprender
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Almeida Batista Ramos, Roberto; Cabral de Azevedo Restelli Tedesco, Patrícia. Ilha do aprender : um ambiente para EAD no Second Life. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: As demandas do mercado atual por profissionais, cada vez mais, qualificados levaram a uma explosão na procura por cursos os mais diversos, notadamente os cursos de educação a distância EAD. Nesses cursos, professores e alunos estão separados fisicamente no espaço e/ou no tempo, o que dificulta a interação entre eles. Por outro lado, o avanço da tecnologia de Internet, da WEB e dos LMS Learning management Systems possibilitaram a criação de novas formas de interação em rede, através de comunicação mediada por computador, e tentam minorar problemas inerentes à EAD, como o isolamento do aluno de EAD, a falta de senso de grupo, a baixa interatividade, a evasão, entre outros. Todavia, plataformas como os LMS praticamente ignoram a fisicalidade de um ambiente de aprendizagem e não contribuem para que se estabeleça uma relação maior do aluno com o professor e a instituição, para que o estudante se sinta confortável para resolver suas dificuldades. Em 2003, surgiu a tecnologia Second Life 3D (SL) que permite a construção de ambientes virtuais tridimensionais. Esta nova tecnologia apresenta um grande potencial para desenvolvimento de ambientes virtuais em que é possível resgatar parte da fisicalidade do ambiente real. Além disso, os usuários do SL são representados por avatares e podem ter uma sensação maior de presença física. Esta sensação de presença facilita a socialização e a colaboração entre os personagens, o que pode ajudar a resolver os problemas de EAD. Nesse contexto, este trabalho apresenta um experimento realizado no ambiente virtual Ilha do Aprender, modelado na Plataforma Second Life 3D. O experimento constou da realização de um curso de capacitação para estudantes universitários, no qual foi investigado se a Ilha do Aprender contribuía para o resgate de parte da fisicalidade de um ambiente de aprendizagem visando o aumento da interação e motivação dos alunos. Os resultados mostraram indícios de que o a Ilha contribuiu para resgatar parte da fisicalidade do ambiente de aprendizagem e com isso estimulou a formação de um senso de grupo entre os participantes e facilitou a interação e colaboração entre eles
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2810
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7565_1.pdf5,09 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.