Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/27973
Title: Atividade antifúngica in vitro de derivados tiofênicos e triazólicos e in vivo de formulações lipossomais contendo triazol frente isolados de Candida caracterizados por MALDI-TOF ICMS
Authors: LIMA NETO, Reginaldo Gonçalves de
Keywords: Candida; Triazóis; Candidíase
Issue Date: 17-Feb-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Atualmente, resistência e toxicidade dos agentes terapêuticos contra infecções por Candida são consideradas problema de saúde pública. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo avaliar a atividade antifúngica in vitro (Clinical Laboratory Standard Institute) de 15 derivados tiofênicos e 10 derivados triazólicos e in vivo de uma formulação lipossomal, contento um composto escolhido através do screen, frente a 42 isolados clínicos de Candida (20 C. albicans, cinco C. krusei, doze C. parapsilosis e cinco C. tropicalis) caracterizados pela nova técnica espectral MALDI-TOF ICMS. A maioria dos derivados de tiofeno apresentou moderada ou fraca atividade antifúngica com alta Concentração Inibitória Mínima (CIM). A ciclohexila nitro substituída foi a mais ativa com CIM entre 100-800 μg/mL, demonstrando que um anel de cicloalquil ligado ao anel tiofeno é essencial para atividade antifúngica. Entre os triazólicos, quatro não apresentaram ação antifúngica e cinco exibiram fraca atividade; entretanto, o triazol cloro substituído foi eficiente alcançando CIM entre 64-256 μg/mL. Este triazol foi então selecionado, encapsulado em vesículas lipossomais e avaliado in vitro frente aos mesmos 42 isolados, e in vivo contra C. albicans URM3719, naturalmente resistente ao fluconazol, através de um modelo experimental de candidíase com animais neutropênicos. Segundo parâmetros físico-químicos, a nanoformulação apresentou-se estável, com teor de fármaco acima de 95% e taxa de encapsulação de 82%. Além disso, a densidade eletrônica negativa conferiu afinidade e especificidade à levedura, explicando o maior tempo de sobrevivência dos animais tratados pela formulação, quando comparados ao fluconazol (P<0.05). A identificação espectral dos isolados utilizados pelo MALDI-TOF ICMS evidenciou 27% de discordância em relação a identificação fenotípica clássica. Entretanto análises moleculares através de PCR fingerprinting ratificou as identificações espectrais nos isolados incoerentes. Os resultados sugerem que derivados de tiofeno e de triazóis são promissores como alternativas antifúngicas e formulações lipossomais garantem maior seletividade e menor toxicidade ao fármaco. Além disso, concluímos que a técnica de MALDI-TOF ICMS se mostrou capaz de distinguir espécies de Candida fortemente relacionadas de forma rápida e reprodutível, porém existe a necessidade de otimizar a diversidade microbiológica em um maior banco de dados para uma identificação mais fidedigna possível
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/27973
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Biologia de Fungos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE Reginaldo Gonçalves de Lima Neto.pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons