Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/25043
Title: Avaliação proteômica diferencial dos mecanismos de ação de novos agentes antineoplásicos em células leucêmicas resistentes à quimioterapia
Authors: CARVALHO, Lidiane Vasconcelos do Nascimento
Keywords: Quimioterapia;Resistência tumoral;Oxazolidinas
Issue Date: 12-Aug-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O câncer é uma doença que representa um grave problema de saúde pública em todas as nações do mundo, sua incidência tem aumentado devido à crescente exposição da população a fatores de risco e ao aumento da expectativa de vida. A quimioterapia é a modalidade de tratamento mais empregada, pois possui a vantagem de atuar de forma sistêmica. No entanto, sabe-se que a grande maioria dos agentes quimioterápicos não age exclusivamente em células tumorais, podendo levar a diferentes graus de toxicidade em células normais. Ademais, células neoplásicas adquirem a capacidade de se tornarem resistentes a vários quimioterápicos diminuindo a eficácia do tratamento, a qualidade de vida e a perspectiva de cura dos pacientes. Nesse sentido, a presente proposta teve como finalidade a elucidação do mecanismo de ação de um novo agente antineoplásico por meio da análise proteômica na linhagem leucêmica resistente, HL60/MX1. As oxazolidinas e seus derivados já possuem diversas atividades descritas na literatura entre elas potencial ação antineoplásica. No estudo foi utilizado o derivado oxazolidinico LPSF-NB-3 que em um estudo anterior do grupo apresentou ação na referida linhagem. Inicialmente buscou-se confirmar a toxicidade do novo derivado em células saudáveis e na linhagem resistente. LPSF-NB-3 não foi tóxico em células mononucleares do sangue periférico (PBMC) na maior dose testada (100 μM) e apresentou valor de IC₅₀ de 56,33 μM na linhagem HL60/MX1. Diante dos resultados, foi realizada cultura celular para elucidação do mecanismo de ação pela análise proteômica. Após 48 horas de tratamento, foi realizada a extração de proteínas com tampão de lise celular e inibidor de proteases e a amostra foi submetida à abordagem proteômica gel free e label free utilizando cromatografia bidimensional acoplada à espectrometria de massas (nanoUPLC). Após o processamento dos dados brutos utilizando o programa Protein Lynks Global Sever, foi possível identificar um total de 2.650 proteínas. Em nossa análise somente foram consideradas as proteínas identificadas em todas as replicatas experimentais, bem como as que apresentaram modulação de mais que duas vezes. Com isso, após utilizarmos este filtro, 634 proteínas, de fato, foram analisadas com a ferramenta Expression ᴱ. Dentro do universo de proteínas consideradas para a análise quantitativa com os critérios estabelecidos, 262 estavam diferencialmente expressas, sendo 146 com expressão aumentada e 116 com expressão diminuída na amostra tratada com o derivado quando comparadas com o controle. As proteínas identificadas foram analisadas no programa MetaCore™ para que as principais funções e vias de sinalização alteradas pudessem ser identificadas. Dentre os principais processos biológicos diferencialmente expressos, destacam-se processos envolvendo regulação do citoesqueleto, dano ao DNA, transdução de sinais celulares e processos envolvendo crescimento celular e sua manutenção. Duas vias moduladas receberam destaque em nossa análise, são elas: a via de sinalização AKT e vias do sistema imune. Essa última pôde ser validada pela técnica de ELISA que evidenciou a capacidade do derivado em diminuir a expressão de IFN- γ de forma significativa (p <0.01) nas doses de 50 e 100 μM e de outras citocinas inflamatórias importantes no contexto tumoral, indicando assim seu provável mecanismo de ação.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/25043
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Inovação Terapêutica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO Lidiane Vasconcelos do Nascimento Carvalho.pdf2.01 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons