Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/24802
Title: Representações sociais sobre a maternidade no contexto social heteronormativo construídas por mães lésbicas
Authors: LÚCIO, Firley Poliana da Silva
Keywords: Parentalidade;Homossexualidade feminina;Enfermagem
Issue Date: 24-Nov-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A maternidade lésbica encontra-se dentre os processos revolucionários que estão sendo construídos e inseridos na infraestrutura da vida cotidiana, provocando novas demandas e anseios. Diante disso, a Teoria das Representações Sociais se apresenta como possibilidade para compreensão do senso comum acerca da maternidade lésbica, assim, este estudo buscou resposta à seguinte questão norteadora: Quais as representações sociais sobre a maternidade no contexto social heteronormativo construídas por lésbicas? Para tanto, esta dissertação objetivou conhecer as representações sociais sobre a maternidade construídas por lésbicas no contexto social heteronormativo. Para subsidiar a pesquisa foi realizado um estudo bibliográfico, tipo revisão integrativa, nas bases de dados SCOPUS, CINAHL, LILACS e BDENF que objetivou analisar a produção científica nacional e internacional da enfermagem sobre a maternidade de mães lésbicas. Os resultados foram submetidos à avaliação metodológica pelo instrumento adaptado do Critical Appraisal Skills Programme, e os artigos que compuseram a amostra descreveram as experiências de três países acerca da maternidade lésbica. A amostra foi composta por cinco artigos, todos na língua inglesa. A revisão evidenciou a precariedade na qualidade da assistência, profissionais da saúde preconceituosos e com questionamentos inadequados acerca da orientação sexual. O artigo original objetivou conhecer as representações sociais sobre a maternidade construídas por lésbicas no contexto social heteronormativo. Trata-se de um estudo descritivo exploratório com abordagem qualitativa, ancorado pela Teoria das Representações Sociais. As participantes do estudo foram mães que se assumem lésbicas. Os dados foram produzidos por meio de entrevistas gravadas a partir de um roteiro semiestruturado. A análise dos dados foi concretizada por meio do software IRAMUTEQ. O mesmo evidenciou os conteúdos representacionais sobre maternidade lésbica e em que se encontram ancorados. A representação social ficou ancorada nas experiências acerca da maternidade estabelecidas a partir da forma como as mães lésbicas integraram-se no contexto social. A amostra foi totalizada por oito mães lésbicas na faixa etária dos 28 aos 46 anos, selecionadas pela técnica em cadeia (Snowball). Os conteúdos representacionais das participantes sobre a maternidade voltaram-se às questões de discriminação, preconceito, invisibilidade e exclusão social. Faz-se necessário que o conhecimento sobre a temática abordada ganhe novos conceitos e os mesmos sejam disseminados no meio social e acadêmico; considerando as demandas, as especificidades e as representações sociais destas mulheres que vivem à margem da dinâmica social.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/24802
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO Firley poliana da Silva Lúcio.pdf2.81 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.