Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/24322
Title: Políticas de qualificação profissional e inserção de jovens no mercado de trabalho em regiões periféricas: o caso do município de Ipojuca (PE)
Authors: BENTO, Debhora Fernanda Custódio
Keywords: Sociologia;Desenvolvimento econômico;Jovens - Emprego;Jovens - Qualificação profissional;Juventude;Assimetrias regionais
Issue Date: 30-Aug-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O presente estudo pretende contribuir com as discussões sobre desenvolvimento em regiões periféricas, buscando problematizar quais as possibilidades de se estabelecer um desenvolvimento mais inclusivo em regiões subdesenvolvidas, tendo como estudo de caso o Município do Ipojuca, localizado no Estado de Pernambuco (Brasil). A análise preliminar de dados sobre o campo de estudo suscitaram algumas questões, que nortearam esta pesquisa: O discurso de desenvolvimento na região refletiu em melhoria de condições de vida da população? Quais os efeitos do Complexo Industrial e portuário de Suape sobre o município do Ipojuca no que tange a situação emprego e renda? Quais as possibilidades efetivas de acesso à educação e qualificação profissional da população local? Quais são as estratégias que estão sendo desenvolvidas nas políticas públicas de qualificação voltadas aos jovens do município do Ipojuca? Em que medida essas políticas podem contribuir para a inserção dos jovens no mercado de trabalho? De que forma isso reflete na percepção dos jovens quanto às oportunidades de emprego e melhoria de renda?Quais as expectativas de futuro desses jovens? Este trabalho teve como objetivos específicos: analisar as políticas de qualificação profissional desenvolvidas nas diferentes esferas estatais (federal, estadual e municipal) no município do Ipojuca; investigar as expectativas educacionais e ocupacionais dos jovens locais; averiguar qual a percepção dos jovens quanto às oportunidades de emprego e melhoria de renda e suas expectativas de futuro. Para a construção dos dados foram realizadas entrevistas com gestores municipais e estaduais de políticas de qualificação profissional no território de análise, além de terem sido realizadas entrevistas com jovens, estudantes do Instituto Federal de Pernambuco - IFPE (Campus Ipojuca) e gestores do referido instituto. A análise dos dados aponta os seguintes resultados. 1) No bojo do novo desenvolvimentismo, o investimento em políticas sociais, como a qualificação profissional refletiu na inserção de jovens pobres ao ensino profissionalizante e ao ensino superior, ampliando suas expectativas de futuro em comparação com gerações anteriores como a de seus pais, que não tiveram oportunidades semelhantes; 2) Entretanto, percebe-se que falta uma maior articulação entre governo do Estado de Pernambuco e município do Ipojuca no que tange a qualificação profissional local; 3) As políticas sociais se apresentam como importantes vetores para um desenvolvimento mais inclusivo, para tal é mister uma maior efetividade dessas políticas e uma articulação maior entre alguns sujeitos (Governo Federal, Estadual e Municipal), bem como a participação ativa da sociedade civil para que se possa gerar, de fato, desenvolvimento – entendido aqui como algo para além do mero crescimento econômico.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/24322
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO Debhora Fernanda Custódio Bento.pdf2.38 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.