Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2382
Título: Diagnóstico e diretrizes para a governança da tecnologia da informação na ECT
Autor(es): FONTES, Gislene dos Santos
Palavras-chave: Governança de TI; Framework Cobit; Gestão por processos
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: dos Santos Fontes, Gislene; Carolina Brandão Salgado, Ana. Diagnóstico e diretrizes para a governança da tecnologia da informação na ECT. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: A Governança de Tecnologia da Informação (TI) surge como uma derivação da Governança Corporativa e tem por objetivo estabelecer um conjunto de processos e controles que direcione as ações da área de tecnologia às estratégias de negócios. Apesar da adoção crescente da Governança de TI nas empresas, muitas iniciativas de implantação fracassam pela falta de envolvimento dos gestores no processo ou por estratégias de implantação distantes da necessidade e realidade das organizações. Utilizando a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) como ambiente de estudo, uma pesquisa foi realizada junto aos gestores da área de tecnologia com o objetivo de identificar pontos críticos de sucesso para a governança de TI adotada pela organização. Com base nessa pesquisa e no diagnóstico sobre o ambiente estudado, um conjunto de diretrizes é apresentado como proposta para alcançar uma governança de TI corporativa e eficaz, ou seja, que possa ser percebida e praticada em cada núcleo de tecnologia da empresa
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2382
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3209_1.pdf2,01 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.