Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2374
Título: Descoberta Automática de Conhecimento em Interpretações Musicais: Microandamento e Microdinâmica
Autor(es): Figueiroa Silvestre, Fulvio
Palavras-chave: Computação Musical; Expressividade musical; Microandamento; Microdinâmica.
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Figueiroa Silvestre, Fulvio; Lisboa Ramalho, Geber. Descoberta Automática de Conhecimento em Interpretações Musicais: Microandamento e Microdinâmica. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: A execução de uma canção da forma exata como ela está escrita na partitura soa normalmente mecânico e artificial aos ouvidos de um músico com um mínimo de experiência. Dentre as modificações feitas pelo músico ao interpretar uma partitura, classificadas como expressividade musical, encontram-se: (a) o microandamento, micro variações de andamento e (b) a microdinâmica pequenas variações na intensidade das notas. Diante da dificuldade de se medir apenas com o ouvido humano estas pequenas variações e também de se analisar um grande corpus musical manualmente, as pesquisas na área de expressividade musical podem se beneficiar grandemente do uso da computação. Infelizmente, a grande maioria dos trabalhos de análise de expressividade musical utilizando o computador se restringe à música clássica e ao repertório de piano. O Centro de Informática da UFPE vem desenvolvendo um projeto pioneiro chamado Um país um violão , que tem como principal objetivo estudar a expressividade do violão brasileiro, que é um dos ícones da cultura nacional. Assim, o objetivo deste trabalho é fazer um estudo sobre microandamento (MA) e microdinâmica (MD) no violão brasileiro de bossa nova. O trabalho tenta, com ajuda de uma análise computacional, responder a perguntas como: há padrões nas variações de MA e MD no violão de bossa nova? Qual é a melhor janela de análise para identificá-los? Os padrões de variação de MT são influenciados pelo andamento da música? Quão similares são as variações de MT e MA entre diferentes intérpretes? Há ume relação entre os padrões rítmicos de acompanhamento e as variações de MT e MA? Com o auxílio da ferramenta desenvolvida, são mostrados elementos de respostas às perguntas acima, caracterizando contribuições tanto no âmbito da música quanto da musicologia assistida por computador
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2374
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3200_1.pdf842,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.