Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/23341
Título: O processo de desinstitucionalização da loucura em Pernambuco : do Hospital José Alberto Maia ao serviço de Residências Terapêuticas
Autor(es): MAGALHÃES, Mirella Rocha
Palavras-chave: História; Saúde mental – História; Reforma psiquiátrica – História; Desinstitucionalização
Data do documento: 25-Ago-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Esse trabalho tem como objetivo historiar o processo de desinstitucionalização do Hospital José Alberto Maia, localizado no Município de Camaragibe, no período de 2002-2010, bem como o que se desenvolveu posteriormente com a ida dos antigos internos para os serviços residenciais terapêuticos até o ano de 2015. Entendendo que a instituição manicomial historicamente se configurou como um mecanismo de violência e de imposição de poder, consideramos necessário o processo de Reforma Psiquiátrica desenvolvido no país e especificamente no estado de Pernambuco, com objetivo de dar novos horizontes no que tange à saúde mental. Ressaltamos, nesse processo, a importância de modelos comunitários de atendimento, especialmente o Serviço Residencial Terapêutico que, no caso aqui estudado, foi determinante para possibilitar uma real melhora na qualidade de vida dos antigos pacientes. Enfatizamos ainda como é fundamental a constante vigilância das novas práticas advindas da Reforma para que o real objetivo não se perca e acabe se transformando em uma nova institucionalização. Portanto, entendemos que é necessária não apenas uma mudança na assistência, mas também a superação da lógica de exclusão, a construção de um projeto de aceitação da diferença e o respeito pelos comportamentos desviantes.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/23341
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - História

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MIRELLA.pdf1,45 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons