Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2308
Título: Um framework de conceitos autonômicos para o controle de testes de dispositivos móveis
Autor(es): LINO, Nancy de Lyra
Palavras-chave: Computação Autonômica; Engenharia de Testes; Sistemas Multiagentes
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Lyra Lino, Nancy; Cabral de Azevedo Restelli Tedesco, Patrícia. Um framework de conceitos autonômicos para o controle de testes de dispositivos móveis. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: Diante do dinamismo do mercado de telefonia, fabricantes de dispositivos móveis junto com operadoras vêm buscando acelerar o processo de entrada de novas tecnologias que possibilitem ao usuário final explorar o melhor uso da infra-estrutura. Até bem pouco tempo atrás, um telefone celular tinha como propósito fim a realização apenas de chamadas de voz. Hoje, direcionado pela convergência digital, o próprio mercado visa à miniaturização e uma gama sem fim de novos serviços que podem ser oferecidos, possibilitando que a conexão com a rede esteja sempre online. No entanto, para que a rede e os serviços atendam satisfatoriamente às necessidades dos usuários finais, várias etapas de testes precisam ser feitas, desde a conformidade com a infra-estrutura da rede, interoperabilidade com outras operadoras, funcionamento adequado dos serviços oferecidos, até testes de usabilidade do sistema. Isto faz com que não seja mais viável adotar a prática de testar manualmente todos os casos de testes. Além de custosos, eles demandam tempo e estão vulneráveis a erros humanos. Nesta direção, centros de testes em todo o mundo vêm investindo em ferramentas para tornar o processo mais rápido, dinâmico e automático. Resultados recentes apontam para uma necessidade que possa potencializar a automação, conferindo-lhe algum processo inteligente e elevando-a a um nível de autonomia. Nesta linha, este trabalho de mestrado faz uso da Computação Autonômica (CA) para melhorar o processo de automação no Centro de Testes do CIn/Samsung. A CA foi definida pela IBM e afirma que um sistema capaz de funcionar sozinho ou com o mínimo de intervenção humana é dito autonômico. A Arquitetura Geral dos sistemas em CA proposta pelos seus idealizadores chamou, particularmente, a atenção dos pesquisadores em IA, dada à semelhança com a arquitetura de um Agente Autônomo. Neste sentido, este trabalho estuda a Computação Autonômica como forma de estender as técnicas atuais de automação. A necessidade usual do Centro de Testes CIn/Samsung foi levantada e a lista inicial de requisitos serviu como base para tornar real as propriedades autonômicas a partir de um Sistema Multi-Agentes, executando sem a interferência de um engenheiro e decidindo, por si só, o que fazer para manter a execução dos testes em conformidade com os casos de testes e otimizada. Os resultados obtidos mostraram que o framework proposto pode lidar com vários desafios em tempo real, dentro do domínio de testes de rede de celular, além de ser capaz de dar suporte ao desenvolvimento de processos cognitivos mais complexos. Todas estas vantagens podem ser traduzidas em benefícios reais, como: redução de custos, rápida entrega, qualidade do produto e outros
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2308
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2946_1.pdf1,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.