Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/22585
Título: Determinantes do desempenho exportador no agronegócio brasileiro: ambiente institucional e características da internacionalização das firmas
Autor(es): OLIVEIRA, Brigitte Renata Bezerra de
Palavras-chave: Concorrência internacional; Agroindústria; Exportação; Empresas brasileiras
Data do documento: 26-Jun-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A presente pesquisa tem como objetivo geral analisar o impacto das características do ambiente institucional e da internacionalização sobre o desempenho exportador em firmas do agronegócio brasileiro, especificamente nas indústrias do complexo soja e carnes, responsáveis, em 2014, por 49,4% das exportações do setor. O aporte teórico foi constituído por 4 (quatro) seções: (i) teorias organizacionais: contingencial e institucional; (ii) características da internacionalização das firmas: localização, aprendizagem, recursos tangíveis e intangíveis e agentes externos; (iii) desempenho exportador; (iv) proposição teórico-conceitual e hipóteses. A pesquisa caracteriza-se como neopositivista, quantitativa, do tipo descritiva e explicativa e de cunho retrospectivo. Os dados foram coletados por meio de survey, cuja amostra final foi composta por 194 (cento e noventa e quatro) respondentes válidos. Dado que não houve diferença estatisticamente significativa entre o padrão de respostas dos representantes de soja (108) e carnes (86), a amostra foi tratada de modo integrado. A análise e discussão dos dados compreende técnicas de estatística descritiva e inferencial, especificamente: análise fatorial confirmatória e modelagem de equações estruturais. O método de estimação utilizado foi o ADF, considerando a ausência de normalidade (em geral) nas distribuições de frequência dos indicadores de cada construto. Primeiramente, foram descritas as propriedades estatísticas das variáveis, considerando medidas de tendência central e testes de correlação. Em seguida, foram elaborados os modelos de mensuração, considerando a fundamentação teórica e os resultados originados da primeira rodada de análise. O ambiente institucional foi observado por meio de 03 (três) variáveis latentes: ambiente político-legal, ambiente econômico e ambiente setorial, em um total de 13 indicadores. As variáveis latentes do construto localização foram: vantagens locacionais (o que incluiu questões concernentes aos fatores internos da região), nível de competitividade e desvantagens locacionais associadas basicamente à infra-estrutura, em um total de 9 (nove) indicadores. Quanto ao construto recursos, formado por 12 (doze) indicadores, foi observado considerando sua tipicidade tangível, intangível e complementar. Destaca-se o elevado padrão ético e a ausência de oportunismo dos agentes externos, os quais foram observados por meio de: agentes formais e agentes confiáveis internacionais. Em seu turno, o desempenho exportador, foi basicamente modelado considerando apenas medidas como margem de lucro, rentabilidade, crescimento e receita. De modo geral, os resultados da análise fatorial confirmatória reforçaram as variáveis latentes identificadas. Destaca-se que o construto Aprendizagem não foi preservado na análise final, haja vista a baixa variância extraída do seu modelo de mensuração individual (o que poderia comprometer o ajuste do modelo amplo). Foram apresentados 5 (cinco) modelos de mensuração integrados, os quais subsidiaram o teste de 5 (cinco) modelos estruturais estimados separadamente, que demonstraram a relação preditiva do ambiente institucional, da localização (por meio das vantagens locacionais), dos recursos e dos agentes externos (por meio dos agentes confiáveis internacionais) e da combinação entre ambiente político-legal (independente), recursos e localização (mediadores) sobre o desempenho exportador, o que confirmou as hipóteses elaboradas.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/22585
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese RENATA OLIVEIRA_posdefesa_vFINAL.pdf3,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons