Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2231
Title: Uma Abordagem Orientada a Objetivos para as Fases de Requisitos de Linhas de Produtos de Software
Authors: César Borba, Clarissa
Keywords: Linhas de produto de software; Modelo de features; Engenharia de requisitos; Modelos i*
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: César Borba, Clarissa; Freire Brelaz de Castro, Jaelson. Uma Abordagem Orientada a Objetivos para as Fases de Requisitos de Linhas de Produtos de Software. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: Uma Linha de Produtos de Software (LPS) é um grupo de produtos de software com características comuns e variáveis, que também pode ser chamada de família de produtos. As caracterísiticas de uma LPS precisam ser documentadas explicitamente para possibilitar o reuso estratégico dos seus artefatos. Na atividade de Engenharia de Requisitos, isto significa que além de capturar as suas variabilidades, também é preciso relacionar os diferentes tipos de requisitos, tais como organizacionais, não-funcionais e funcionais, além de manter o rastreamento entre eles. Atualmente a captura desta informação é feita usando os modelos de features, mas esses não capturam requisitos não-funcionais explicitamente e nem a influência positiva/ negativa destes requisitos para alcançar configurações alternativas de uma aplicação na LPS. Esta influência pode ajudar na escolha de uma configuração específica para uma aplicação alcançar os objetivos da organização. Um objetivo é um estado do mundo que os stakeholders desejam alcançar enquanto que uma feature é uma característica que o sistema deve apresentar. Partindo destas definições, abordagens orientadas a objetivos podem ser usadas como uma forma efetiva para descobrir requisitos variáveis e comuns de uma LPS, bem como para reduzir os custos associados à configuração de um produto específico na família de produtos. Uma abordagem de requisitos orientada a objetivos que tem sido usada para o desenvolvimento de sistemas complexos é o framework i*. O i* fornece uma maneira natural de identificar e especificar tanto os interesses dos stakeholders como as características do sistema pretendido. Este trabalho propõe uma extensão da linguagem de modelagem do i*, chamada i*-c (i* with cardinality), que adiciona cardinalidade nos elementos de modelos intencionais e assim, permite a identificação e modelagem de features a partir de modelos orientados a objetivos. Para guiar a configuração de uma aplicação específica em uma LPS foi definida a abordagem G2FM (Goal to Feature Model). Ela propõe um processo de identificação e modelagem de features comuns e variáveis de uma LPS em modelos i* com cardinalidade e, a partir destes, produz um modelo de features equivalente
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2231
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2275_1.pdf5.35 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.